Sign in to follow this  
BUGATTI

Não sei mais o que fazer??? Help

Recommended Posts

Os níveis de amônia, PH e os peixes em si estão 5 estrelas, com muita reprodução , mas o aquário está esteticamente feio, estas algas estão sempre a aparecer e não sei mais o que fazer. Já tenho aquário há mais de 4 anos completamente estabilizado mas não me consigo livrar destas algas que apareceram há uns meses. Agradeço ajuda e partilha de ideias aos membros que tiverem ideias/soluções para o meu problema .Posted ImagePosted ImagePosted Image

 

 

Enviado do meu iPad usando o Tapatalk

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas BUGATTI

 

Olha eu não não sei como as algas poderão sair,mas olha uma coisa

essa janela que se vê na 2 foto projecta luz para o aquário?se sim

devias por um fundo no aquário para que a luz não lhe bata,não sei

a que até que ponto,o refletir da luz não seija uma das causas,e haverá

outras consertesa,mas essas deixo para quem sabe bem do assunto,

espero que resolvas esse probelema,boa sorte.

 

Cumps: Álvaro Silva

Share this post


Link to post
Share on other sites

Obrigado pela sugestão mas como disse o aquário está aqui há mais de 4 anos sempre sem problemas e o aquário nunca apanha sol, a janela está a norte e afastada, pela fotografia engana porque o aquário tem dupla face.

 

 

Enviado do meu iPad usando o Tapatalk

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas,

Como já te disseram no outro tópico:

tens de meter o teu setup pois tens muitas razões, tipo excesso de nutrientes na agua, excesso de luz e etc....

 

Cumps

 

Edit: Ou mais provavel, falta ou desequilibrio de nutrientes e falta de CO2 para o nível de luz que tens.

Edited by Micro-Chip

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu resolvi isso com 3 peixes siameses, em dias comeral todas as algas :)

adoro-os!!!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Antes demais, não desesperes, essas algas em concreto não são tão dificeis de aniquilar como tanta gente pensa.

 

SAE's não vão agarrar nisso, nem Ottos affinis, ancistrus ou camarões... Isso é patético. Se o fizerem, não farão diferença alguma com essa dimensão de algas.

 

Solução:

 

Manutenção - Compra 4 garrafas de água oxigenada (10 ou 30 volumes) no supermercado. Por cada 10 litros aplica 20 ml, uma vez por dia.

Aplicação Directa: Despeja a água oxigenada para um doseador/vaporizador e aplica directamente nas folhas dentro do aquário, certificando que aplicas em todas as folhas.

 

Longo Prazo: Compra uma bomba de circulação que aumente a oxigenação na água, direccionada quase emersa.

 

Dispensando-te aulas de quimica, garanto-te que não fará mal a nenhum peixe, segue isto por 3 semanas e puff!

Edited by Renato.Vieira
  • Upvote 1
  • Downvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

(...)

Manutenção - Compra 4 garrafas de água oxigenada (10 ou 30 volumes) no supermercado. Por cada 10 litros aplica 20 ml, uma vez por dia.

Aplicação Directa: Despeja a água oxigenada para um doseador/vaporizador e aplica directamente nas folhas dentro do aquário, certificando que aplicas em todas as folhas.

(...)

 

Boas,

 

Queria apenas confirmar a dose, 20 ml por cada 10 litros ou por cada 100 litros?

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Boas,

 

Queria apenas confirmar a dose, 20 ml por cada 10 litros ou por cada 100 litros?

 

 

Aplica 20ml/ por 100 litros na circulação de água. Desculpa, lapso meu.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mais logo vou fazer teste há água e colocar aqui o setup, respectivo

 

 

Enviado do meu iPad usando o Tapatalk

Share this post


Link to post
Share on other sites

Aplica 20ml/ por 100 litros na circulação de água.

 

Boas,

 

Não querendo duvidar da receita, mas... se essa quantidade de água oxigenada é capaz de aniquilar aquelas algas todas, não vai também matar tudo o que é micro-organismo existente no aquário (incluindo a colónia de bactérias do filtro)?

 

Cumps.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Boas,

 

Não querendo duvidar da receita, mas... se essa quantidade de água oxigenada é capaz de aniquilar aquelas algas todas, não vai também matar tudo o que é micro-organismo existente no aquário (incluindo a colónia de bactérias do filtro)?

 

Cumps.

 

Eu queria dispensar as aulas de quimica, como disse, mas enfim.

 

A água oxigenada, como é conhecida, trata-se de peróxido de hidrogénio. A sua composição H2O2 (semelhante a algo, certo?...) em contacto com água decompõe-se oxidando a mesma ou qualquer superficie. Daí ser util no tratamento de feridas superficiais...

  • Downvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu queria dispensar as aulas de quimica, como disse, mas enfim.

 

A água oxigenada, como é conhecida, trata-se de peróxido de hidrogénio. A sua composição H2O2 (semelhante a algo, certo?...) em contacto com água decompõe-se oxidando a mesma ou qualquer superficie. Daí ser util no tratamento de feridas superficiais...

Obrigado pela aula de quimica... mas a pergunta mantém-se.

 

O peróxido de hidrogénio decompõe-se em água e oxigénio, daí o seu poder oxidante. Agora, se esse poder oxidante é suficiente para matar as algas (e estamos a falar de uma quantidade bastante razoável de algas), não fará o mesmo aos micro-organismos do aquário? Não é por isso mesmo que usamos água oxigenada para desinfectar as feridas?

 

E já agora, 20ml por 100l de água, estamos a falar da água oxigenada de 10 ou de 30 volumes (concentrações que referes no 1º post)? É que a concentração é bastante diferente.

 

Cumps.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não me quero prolongar muito nesta questão, porque há demasiada informação disponivel online, pelo que sugiro que investigues.

 

Oxigenar a água desta forma ou aumentar significativamente a circulação de água, resulta de forma igualmente eficaz. Com água oxigenada é mais eficiente, pois diminuimos a janela de tempo... Desafio-te a encontrares algas num rio com corrente constante e não apenas sazonal. Claro que devemos reduzir os fosfatos e comida, progressivamente de futuro.

 

Recriar/emular um habitat tem as suas semelhanças e sucesso, mas de forma inevitável, novas consequências. Se fosse fácil, a aquariofilia estaria bem mais evoluida do que está.

 

Quanto aos volumes, a diferença de 10% ou 30% é irrelevante para o resultado desejado, num aquário desta dimensão.

  • Upvote 1
  • Downvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas! De facto a água oxigenada pode tratar este tipo de algas. Porém, como podemos ver na foto, a dimensão da ''catastrofe'' :) é enorme, pelo que o ue recomendaria é: começar de novo...

 

Isto não é de modo nenhum ter espírito derrotista, é ser realista. São muitas para tratar mesmo com água oxigenada.

 

Se começares de novo tenta ver o equilibrio entre nutrientes (na coluna de água e no substrato), quantidade de luz e quantidade de co2. Algo deve estar desequilibrado para teres tantas algas.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá.

 

Não me quero prolongar muito nesta questão, porque há demasiada informação disponivel online, pelo que sugiro que investigues.

 

Oxigenar a água desta forma ou aumentar significativamente a circulação de água, resulta de forma igualmente eficaz. Com água oxigenada é mais eficiente, pois diminuimos a janela de tempo... Desafio-te a encontrares algas num rio com corrente constante e não apenas sazonal. Claro que devemos reduzir os fosfatos e comida, progressivamente de futuro.

 

Recriar/emular um habitat tem as suas semelhanças e sucesso, mas de forma inevitável, novas consequências. Se fosse fácil, a aquariofilia estaria bem mais evoluida do que está.

 

Quanto aos volumes, a diferença de 10% ou 30% é irrelevante para o resultado desejado, num aquário desta dimensão.

Isto é claramente a resposta de quem... Não sabe o que está a dizer. E pensa que mandando um bitaites para o ar, a ver se pega...

 

Primeiro, esqueces-te de perguntar se a pessoa em questão tem invertebrados no aquário. Estes animais são muito sensíveis, principalmente susceptíveis a oxidantes, como é o caso da água oxigenada. Ou achas que o Cobre tem os efeitos algicidas, anti-parasítico e anti-bacteriano porquê? Porque reage dalguma forma? Não... Porque é um oxidante. Não tão forte como os peróxidos, mas mesmo assim, oxidante...

 

Segundo, mandares uma pessoa pesquisar, quando nem apresentas um único facto ou relato do uso da água oxigenada em aquário, com relativo sucesso, só mostra arrogância. Isto é um Fórum, e o seu objectivo máximo é que se ajudem as pessoas... Não que se tenham opiniões dogmáticas, tentando iludir os outros com promessas de facilitismos...

 

Terceiro, dizeres às três pancadas que os volumes da água oxigenada a usar são irrelevantes, apenas demonstra mais o quão a borrifares-te estás para as perguntas que te colocam... Obviamente que importa. É a diferença entre teres mais oxidantes disponíveis em solução, ou não... E quanto maior a concentração de peróxidos, maior será a cinética da reacção...

 

Quarto, agora sou eu que te o peço... Dizes tu que o peróxido de hidrogénio reage com a água, oxidando-a... Pergunto-te então, oxida-a a quê?

 

E para terminar, dou agora eu a minha opinião, e relato a minha experiência com o uso de água oxigenada num aquário...

Já a usei, e continuo a usar. Em grandes quantidades, não apenas tem efeito algicida, mas também te mata os invertebrados do aquário (camarões, são muito fáceis de matar desta forma, já o fiz). Se mal aplicada, não só te mata as algas, como também te destrói os tecidos das plantas, acabando as mesmas por perder os cloroplastos e degradando as clorofilas, sendo esta perda de tecido irreversível (também já o fiz).

Hoje em dia, sabes que uso é que dou à água oxigenada? Para desinfeção total de aquários. Para garantir que erradico as doenças presentes nos mesmos e quero iniciá-los de novo. Para isso uso H2O2 de 20 ou 30 volumes a 50% misturada com água num borrifador, e aplico nos vidros do aquário vazio, deixando actuar cerca de meia hora, enchendo depois o aquário com água, com o filtro ligado sem matérias filtrantes durante umas horas, e esvaziando depois para eliminar excedentes de água oxigenada que ainda não tenha reagido, ou degradado-se...

 

Resumindo... A água oxigenada é um bom algicida? É!! Pode ser utilizada em aquário? Sim! Com muito cuidado, e fazendo sempre uma ponderação entre as algas que queremos erradicar, e a mortandade que podemos originar... Se pudermos retirar as plantas e fazer um banho de H2O2 com água, passando depois as plantas por água com um pouco de anti-oxidante (tiossulfato de sódio, ou mesmo ácido ascórbico) é melhor? Claro!! Pelo menos evitamos dispersar oxidantes fortes no nosso aquário.

 

Cumprimentos

Luís Fortunato

  • Upvote 5
  • Downvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ponto 1- Á questão das algas do membro BUGATTI em desespero, sugeri uma solução simples e eficiente. Se o fizer segundo as indicações que descrevi, seguramente terá progressos sem males piores. Na pior das hipóteses, não contém a propagação das algas e assiste em primeira fila á degradação das plantas.

 

Ponto 2- Quanto á leitura imediata (a qual aplaudo) da minha personalidade, da minha intenção (que afinal é questionável com fins ilusórios) , ausência de experiência em aquariofilia (certificada a partir de hoje), arrogância e dogmatismo (2 qualidades apreciáveis que desconhecia que tinha), tecida pelo Luis Fortunato, eis o que penso:

 

"Primeiro, esqueces-te de perguntar se a pessoa em questão tem invertebrados no aquário." - Relembrado que o peróxido de hidrogénio não é puro e se encontra numa solução aquosa (desde o séc XIX numa loja perto de ti), com o ratio que estabeleci 20ml/100l água, devem existir tantas hipóteses de aniquilar (dado que usaste "mortandade" tão graciosamente) os invertebrados, como acordares amanhã com uma urticária na nádega esquerda. Mas nunca fiando em cálculo...

 

"Segundo, mandares uma pessoa pesquisar, quando nem apresentas um único facto ou relato do uso da água oxigenada em aquário, com relativo sucesso, só mostra arrogância. Isto é um Fórum, e o seu objectivo máximo é que se ajudem as pessoas... Não que se tenham opiniões dogmáticas, tentando iludir os outros com promessas de facilitismos..." Ao não apresentar um único facto ou relato do uso de água oxigenada com sucesso, é certamente porque estou a ser arrogante? Permite-me pegar nesse teu raciocinio voraz...Portanto, deverei relatar uso com relativo sucesso e apresentar factos sobre "nitratos, nitritos, amónia" sempre que no tópico de iniciados á aquariofilia aparecer alguém pedindo respostas a "Como ciclar o aquário?" Patético... (admito que tive dificuldade em encontrar melhor adjectivo).

Em quantos tópicos entraste neste fórum em que descreveste uma pequena palestra sobre a tua experiência pessoal sobre nitritos, nitratos, amónia, etc e como combateste arduamente esses parâmetros na água, anteriormente, para tornar credivel a tua recomendação/conselho? Mas alguém aqui tem que apresentar prova (como se de um processo penal se tratasse) que completou um ciclo no seu aquário com sucesso relatado e com o seu progresso descritivo, antes de poder aconselhar? Sob consequência de que senão o fizer é rotulado de "arrogante" ou "lançador amador de bitaiques"? Mais uma vez, deixo aqui: Patético...

Se sim, que se torne obrigatório colocar na descrição da assinatura, que se crie um "Achievement" no perfil com efeitos sonoros e purpurinas saltitantes cor-de-rosinha.

Isto é um fórum, concordamos nisso. E num fórum que uso para partilhar conhecimentos e retirar outros, jamais fiz uma apreciação de alguém, tirada do bolso com um numero final infeliz de sapateado, como a que fizeste tão prontamente.

 

"Terceiro, dizeres às três pancadas que os volumes da água oxigenada a usar são irrelevantes, apenas demonstra mais o quão a borrifares-te estás para as perguntas que te colocam... Obviamente que importa. É a diferença entre teres mais oxidantes disponíveis em solução, ou não... E quanto maior a concentração de peróxidos, maior será a cinética da reacção..." Mais um sapateado infeliz... A decomposição do peróxido de hidrogénio em água e oxigénio é feita rapidamente, o que o torna um oxidante eficaz, sem dúvida e igualemente instável. Importa de facto, se estabeleceres um ratio de risco ou uma solução mais instável do que aquela que sugeri. Uma elevada discrepância de proporção de peróxido de hidrogénio (ou de qualquer outro elemento induzido por nós como manganésio, fósforo, nitrogénio, por exemplo) para a litragem da água, terá um resultado obviamente diferente. Com algumas variáveis em jogo (absurdas com certeza) demasiado nitrogénio pode explodir-te o aquário. E...? Devo alertar toda a gente desse risco bárbaro? Ou devo primeiro atingir o tal "achievement" e depois sim postar a correr pelo bem comunitário? Se não o fizer, estarei a borrifar-me? Repetidamente: Patético.

 

A minha favorita "E para terminar, dou agora eu a minha opinião, e relato a minha experiência com o uso de água oxigenada num aquário...

Já a usei, e continuo a usar." Co'a breca, mereceste o teu "achievement". Soltem-se as purpurinas! Pois bem, também eu uso água oxigenada (10 ou 30 volumes) desde há muito, inclusive ainda hoje com Discus e Red Cherry (Nota pessoal: "Achievement!") sempre que necessário. Uso exactamente as mesmas medidas que aconselhei ao caro membro desde que me recordo em todos os meus aquários plantados que se mostrem fustigados por algas. Ninguém se preocupa mais com o bem-estar da minha fauna/flora que eu que invisto tempo e dinheiro, mesmo clarificando já este ponto digo de boca cheia que já perdi peixes pelas razões mais idiotas e surreais, assim como todos nós durante a nossa curva de aprendizagem. Nunca perdi nenhum peixe ou camarão por água oxigenada. Se calhar tenho aqui mais um possivel "Puff de purpurinas eminente" para o perfil.

 

"Hoje em dia, sabes que uso é que dou à água oxigenada? Para desinfeção total de aquários. Para garantir que erradico as doenças presentes nos mesmos e quero iniciá-los de novo." Uh...se procuras "ipsis verbis" uma desinfecção total do aquário, tens soluções mais eficientes, que deduzo que saberás. Embora diluida em 50% água, possa servir dependendo dos casos. Adiante.

 

Faltarão certamente alguns pontos a mencionar, da tua aplicada interpretação dos meus posts, que deixarei para a contra-argumentação. Sim porque deduzo uma célere resposta da tua parte, repleta com o mesmo preciosismo e observação fotográfica de retrato psicológico.

 

Com isto, porque aprendi hoje algo sobre "Coerência" cito as tuas palavras, (porque afinal concordamos em mais um ponto) direccionando a conversa para efeitos do tópico: (...) Resumindo... A água oxigenada é um bom algicida? É!! Pode ser utilizada em aquário? Sim! Com muito cuidado, e fazendo sempre uma ponderação entre as algas que queremos erradicar, e a mortandade que podemos originar... (...)

Edited by Renato.Vieira
  • Upvote 1
  • Downvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ui!! O menino ficou zangado...

 

Mas no meio disto tudo, continuas a ser patético... Fizeram-te perguntas, às quais não respondeste. Porquê? Não as sabes as respostas?

 

Continuo à espera que a tua mente brilhante nos responda a que é que a água é oxidada...

Eu, pessoalmente, estou bastante curioso.

 

Dizes que a água oxigenada se degrada rapidamente... Engraçado... Gostava de saber como e porquê... Ah! Espera, não me vais responder. Vais-me chamar patético...

 

Explica lá essa de Azoto (tu pelos vistos gostas de lhe chamar nitrogénio) a mais faz explodir um aquário...

 

Agora eu arranjo um adjectivo para ti... Ridículo.

 

Adeus e esta foi a última vez que gasto tempo contigo.

Cumprimentos

Luís Fortunato

  • Upvote 1
  • Downvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vejam lá...se precisarem de um árbitro tenho PhD em Química estejam à voltade, dou-vos logo uma data de artigos cientificos para se entreterem no fim de semana, mas não acham que estao a levar as coisas demasiado a serio? isto é um forum para troca de esxperiencias e sinceramente parece que ultimamente tenho lido cada mensagem!!! A primeira opinião "patética" aqui do tópico até foi a minha :)

Eu cá por mim até gosto do pateta por isso até vi isso como um elogio :)

 

Relax take it easy life is too short

Share this post


Link to post
Share on other sites

Calma colegas floristas não é preciso também chegar a esse ponto. Hoje ponho os valores do setup, mas parece que está a melhorar o aquário, as algas estão a desaparecer. Em princípio era luz ligada horas demais, reduzi no princípio da semana e parece que está a resultar.

 

 

Enviado do meu iPad usando o Tapatalk

Share this post


Link to post
Share on other sites

Luis, fico com a impressão que talvez não me tenha expressado num nivel que conseguisses interpretar sem o agora famoso sapateado. E para nota, não fiquei zangado de todo, creio que é notável um sorriso constante na minha resposta. Houve pouca ironia implicita.

 

Aquela que só pode ser vista como uma provocação inconsistente, incoerente, que culminou em acordo com a minha recomendação, sem tua prévia atenção no teu próprio raciocinio, é lamentável. Acredito que achaste que tinhas ai qualquer coisa de substancial por atirar, mas algures no processo (ou porventura ainda não) deves reconhecer quando tens os pneus furados. Considerando que te apresentas no fórum como "Consultor", eleito com certeza por uma maioria em acordo responsável pela administração do fórum, acho deplorável que tenhas em ti a iniciativa de fazer uma interpretação ofensiva com o teor que apresentaste, seja a mim ou a qualquer membro, seja por que motivo emergente.

 

Quanto ao teu dilema existencial de "Azoto Vs Nitrogénio", é vergonhoso vindo de alguém que se diz interessado em Fisica e quimica... Há mais do que lês na Wikipedia, Luis. Desconheço de onde retiras as fontes para os teus interesses, mas claramente precisas de sérias actualizações. Plutão já não é um planeta, não há nenhuma anã-castanha na Via Láctea :) Ah, e fontes como Neil Degrasse Tyson, Michio Kaku, Brian Greene, Lawrence Krauss, Hawking são porreiras como dissipadores socio-culturais da Fisica e AstroFisica, não são de todo a fronteira ;) Sugiro (se conseguires de facto retirar algo) algumas aulas disponiveis online de Edward Witten, Carl Sagan, isto se cálculo te for um universo conhecido, caso contrário, (de volta?) Newton é obrigatório. Se quiseres mesmo aprofundar Quimica, e certamente o Msusa poderá comprovar, tens que perceber Mecânica Quântica, caso contrário olhas para a tabela periódica e retiras apenas a ordem não o porquê. Se tudo falhar, tens sempre a fotografia, que confesso tens jeito pelo que vi.

 

Mas de Física toma-se um café e falamos, de certo temas não faltarão aparentemente! Quanto ao "tempo" gasto comigo, ambos chegamos á conclusão evidente que de facto foi um contributo inutil. Mais um ponto em sintonia.

  • Upvote 1
  • Downvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Calma colegas floristas não é preciso também chegar a esse ponto. Hoje ponho os valores do setup, mas parece que está a melhorar o aquário, as algas estão a desaparecer. Em princípio era luz ligada horas demais, reduzi no princípio da semana e parece que está a resultar.

 

 

Enviado do meu iPad usando o Tapatalk

 

 

mas também usas-te a agua oxigenada?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eheheh é incrível como perdi mais tempo a ler e a rir este post do que a ler outros em que há realmente informação necessária para o meu aquario!

Quase tão incrível como o tempo que conseguem dispender nesta competição de conhecimentos...

Mas acho que fazem bem! larguem a vossa "raiva" aqui, sempre entretêm a malta e é melhor que roadrage!

Quanto às algas do nosso colega BUGATTI, isso está num estado....
Nunca tive dessas, já tive castanhas tipo cabelo que se agarram a tudo o que é troncos, folhas, e ervas e staghorn, tenho sido mais ou menos bem sucedido a fazer um blackout de 3-4 dias, consigo que elas definhem e se vão soltando lentamente.
Se bem que no teu caso com essa quantidade ia ser complicado.

 

As algas aparecem mais na parte central do aquario certo?

Share this post


Link to post
Share on other sites

boas

 

essas algas são causadas pelo excesso de matéria organica dentro do aquario, isso é certo!

 

não vais conseguir acabar com elas.

eu passei pelo mesmo problema e só consegui desmontando o aquario e montando tudo novo.

 

a agua oxigenada efectivamente elimina-as , mas para essas quantidades de algas matavas tudo o que ai tens dentro.

 

just my 2 cents!

  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não me quero prolongar muito nesta questão, porque há demasiada informação disponivel online, pelo que sugiro que investigues.

É mesmo por ter investigado que surge a minha questão, que continuas sem responder.

 

Claro que não és obrigado a fazê-lo, mas também não precisas dar respostas condescendentes do género "explica-me como se eu fosse muito burro", relativamente à formula quimica da água oxigenada, do seu poder oxidante e das vantagens da pesquisa de informação online. Cada um tem um nível diferente de conhecimento nas mais diversas áreas, por isso é que estamos num forum, para trocar conhecimentos.

 

Que a água oxigenada é eficaz na eliminação de algas, não tenho dúvidas. A minha questão é: se é capaz de eliminar aquelas algas todas, até que ponto é segura para a restante biologia do aquário.

 

Quanto ao problema do BUGATTI, continuo a achar que sem o setup e os parametros do aquário é difícil fazer uma avaliação correcta do problema.

 

Cumps.

Share this post


Link to post
Share on other sites

É mesmo por ter investigado que surge a minha questão, que continuas sem responder.

 

Claro que não és obrigado a fazê-lo, mas também não precisas dar respostas condescendentes do género "explica-me como se eu fosse muito burro", relativamente à formula quimica da água oxigenada, do seu poder oxidante e das vantagens da pesquisa de informação online. Cada um tem um nível diferente de conhecimento nas mais diversas áreas, por isso é que estamos num forum, para trocar conhecimentos.

 

Que a água oxigenada é eficaz na eliminação de algas, não tenho dúvidas. A minha questão é: se é capaz de eliminar aquelas algas todas, até que ponto é segura para a restante biologia do aquário.

 

Quanto ao problema do BUGATTI, continuo a achar que sem o setup e os parametros do aquário é difícil fazer uma avaliação correcta do problema.

 

Cumps.

 

Micro-Chip, tive experiências muito semelhantes ao BUGATTI há uns tempos atrás, com os mesmos echinodorus e ludwigia, apenas sem as hygrophila que não tinha, entre outras plantas. E com isso, levou-me a percorrer todas as soluções plausiveis, antes de arregaçar as mangas e mentalizar-me que teria que reiniciar o aquário. Nos meus casos porém compensou, mas com o sacrificio de muita poda em concreto aos echinodorus. Aliás ainda tenho hoje 3 deles que estavam em estado semelhante ao BUGATTI e estão a "renascer das cinzas" com sucesso. Um deles estava num aquário de red cherry, completamente fustigado, foi podado até ter apenas uma folha. Nenhum camarão perdido.

 

Demorou tempo, muita aspiração do areão, muita poda, constante água oxigenada, mas evitei recomeçar do zero. Com mais de 40 peixes de raças diferentes, nunca morreu algum. Diria que em pouco mais de um mês, se tanto, erradiquei as malditas.

 

Bastou ponderar bem o ratio da solução e paciência. Mas evitar recomeçar foi pelo desafio de superar a crise no aquário. Seria sem duvida mais fácil tirar tudo fora e por novo. Mas cada um leva o hobby como leva, eu "embirrei" que tinha que o fazer desta forma e fui feliz nos resultados.

 

Para quem se quiser poupar ao trabalho e não se importar de dispender uns trocos para recomeçar, que recomeçe. Depende de cada um.

 

Boa aquariofilia.

Edited by Renato.Vieira
  • Upvote 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Sign in to follow this