Sign in to follow this  
pedro-novo

as plantas nao crescem

Recommended Posts

boa tarde

 

 

gostaria de saber se me podiam ajudar neste assunto das plantas

 

 

tenho o aquario a dois anos quando o montei as plantas cresceram bonitas e rapidamente e isto no primeiro ano... no segundo ano as plantas alem de deixarem de se desenvolver elas ficaram pequenas e as folhas grandes que tinham acabaram por se estragar... n sei se tera sido das lampadas que me indicaram que supostamente eram boas para as plantas ja cheguei a mudar o fertelizante e tudo e elas mesmo assim nao se desenvolvem..

 

se me pudessem ajudar agradecia que nao se o que mais fazer para resolver isto

 

 

 

Edited by pedro-novo

Share this post


Link to post
Share on other sites

Viva,

Que tipo de fertilização fazes e qual o setup do aquario (iluminação, litragem, fauna, flora, regimes de fertilização, CO2 sim ou não, etc..)?

Isso são tudo dados essenciais para te podermos ajudar.

 

Abraço

  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

O teu problema passa por um dos seguintes pontos : Co2 , fertilização e iluminação.

Se os 3 não estiverem em equilibrio as plantas começam a morrer.

As lampadas que tens têm quantos watts e quantos kelvins ? E qual a litragem do aquário ?

  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

boas

o fertelizante que usei para o aquario foi o da SERA floredepot e passando algum tempo de 15 em 15 dias ate acabar a caixa usei tb as pastilhas desta marca. A iluminação e feita durante 7h, o aquario tem 180L n tenho sistema de CO2 o filtro é da EHEIM modelo ECCO pro de 6L costumo mudar o carvao de 2 em 2 meses, neste aquario tenho Platy, guppys, neon, limpa fundos, limpa vidros, um botia palhaço, de plantas tenho, anubia, echinodorus: 'Aquartica' e a Red, Microsorum pteropus e a Cryptocoryne: green e red.

 

a iluminação mudo de ano a ano são T8 de 30w da flora - glo estas sao a que meti ainda ontem de 2800k e 1090 Lumen e a outra lampada e a power - glo de 18000k e 1330 lumen as antigas eram da mesma marca mudava era uma que em vez da flora - glo tinha outra q ja nao sei qual era.

 

obrigado pela vossa ajuda

Share this post


Link to post
Share on other sites

Viva,

Assim de repente pelo teu post e segundo percebi, fertilizas regularmente apenas com pastilhas da sera, correcto?

Caso assim seja, e segundo me apercebi, essas pastilhas não contêm fontes de Azoto (N) e Fósforo (P) (quais utilizas ao certo?).

 

Tendo em conta que o Sera Floradepot é um substracto fértil e como as pastilhas não contêm macro nutrientes (pelo menos o N e o P) diria que o que te aconteceu foi os macronutrientes do substracto fértil terem sido consumidos pelas plantas... E o que tu estás a presenciar de momento poder ser deficiências de fertilização, principalmente a nível de macro nutrientes (N, P e K).

 

Pela descrição que fazes parece-me que manténs um aquario Low tech, sem injecção de CO2... Caso seja este o caso aconselho-te a leres um pouco sobre fertilização e começar a adicionar um fertilizante em pastilhas que conteha macro elementos (pois as Cryptocorines e as Echinodorus absorvem os nutrientes preferencialmente pela raiz). Se por exemplo arranjares pastilhas que contenham uma fonte de Azoto (N) e de Fósforo (P), mas não contenham Potássio (K), podes fertilizar este último na coluna de água...

 

Outra hipótese é testares como estão os níveis de Nitrato(NO3) e Fosfato(PO4) na coluna de água e, caso existam em quantidade suficiente (derivado da decomposição de comida e dos dejectos dos peixes), fertilizares com Potássio(K) que normalmente é, dos macronutrientes, o que costuma estar em falta nos aquas Low tech...

 

PS: Se não foi muito claro o que acima expus pesquisa aqui no fórum por fertilização líquida DIY ou por diferentes métodos de fertilização aqui no fórum que encontras muita informação

 

Abraço

  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

as pastilhas da sera que utilizo sao as Sera florenette

 

"Outra hipótese é testares como estão os níveis de Nitrato(NO3) e Fosfato(PO4) na coluna de água e, caso existam em quantidade suficiente (derivado da decomposição de comida e dos dejectos dos peixes), fertilizares com Potássio(K) que normalmente é, dos macronutrientes, o que costuma estar em falta nos aquas Low tech..." aqui o que queres dizer e q s o aquario tiver desde que sejam baixos os niveis de NO3 e PO4 devido a decomposição da comida basta juntar K que iria ajudar nas plantas?

 

sim o carvao e activado

 

mais uma vez obrigado pela vossa ajuda

 

abraço

Share this post


Link to post
Share on other sites

as pastilhas da sera que utilizo sao as Sera florenette

 

"Outra hipótese é testares como estão os níveis de Nitrato(NO3) e Fosfato(PO4) na coluna de água e, caso existam em quantidade suficiente (derivado da decomposição de comida e dos dejectos dos peixes), fertilizares com Potássio(K) que normalmente é, dos macronutrientes, o que costuma estar em falta nos aquas Low tech..." aqui o que queres dizer e q s o aquario tiver desde que sejam baixos os niveis de NO3 e PO4 devido a decomposição da comida basta juntar K que iria ajudar nas plantas?

R: Sim exacto, desde que existam Nitrato(NO3) e Fosfatos(PO4) em concentração suficiente a adição de potássio(K) deve solucionar os problemas a nível de macronutrientes... ficando depois a faltar a adição de micronutrientes.

 

sim o carvao e activado

R: Relativamente ao carvão, tal como referiu o tmiravent, não está aí a fazer nada, a menos que queiras remover da água restos de algum tratamento que tenhas feito...

mais uma vez obrigado pela vossa ajuda

 

abraço

 

EDIT:

Já agor a proveito para acrescentar que como o aqua é Low Tech, sem adição de CO2 a resposta das plantas vai ser muito mais lenta do que se fosse um aqua com um elevado metabolismo das plantas... Por isso deve demorar até veres resultados... é preciso só um bocado de paciência e persistência e a coisa vai a sítio... ;)

Edited by Murkas
  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

obrigado pela ajuda vou experimentar

Share this post


Link to post
Share on other sites

pois ja reparei que sim andei a pesquisar sobre isso e vi q e mais lento 5 a 10 vezes.

 

ja uma sugestao tua na loja que comprei as lampadas quando entreguei as velhas ele disse-m que uma delas nao era a mais indicada para as plantas a power-glo e indicada mas a outra velha que tinha era uma life-glo e ele disse que nao era das mais indicadas ja agora como saber qual a iluminação mais indicada?

 

acabei por comprar um sistema de CO2 em pastilhas para ja, que e para ver se junto uns trocos para meter depois um de botija, mas nao sei s o coloque ja para ver s a iluminação faz algum efeito pk parece-m q as plantas com estas lanpadas se estao a adaptar bem que achas?

 

obrigado pela atenção que tens tido com o meu problema

Share this post


Link to post
Share on other sites

pois ja reparei que sim andei a pesquisar sobre isso e vi q e mais lento 5 a 10 vezes.

R: Sim, mas lá está mais lento não é necessariamente mau, tudo depende do que queres do aquário... No meu caso em particular cada vez maissou apologista de apostar em aquários sem injecção de CO2, com um ritmo mais lento, o que por si só exige uma menor manutenção.

 

ja uma sugestao tua na loja que comprei as lampadas quando entreguei as velhas ele disse-m que uma delas nao era a mais indicada para as plantas a power-glo e indicada mas a outra velha que tinha era uma life-glo e ele disse que nao era das mais indicadas ja agora como saber qual a iluminação mais indicada?

R: Teoricamente as plantas absorvem a radiação que corresponde aproximadamente à luz azul e à luz vermelha, pelo que idealmente o espectro das lâmpadas deve incidir maioritariamente nesta gama de radiação. Fica um link bastante interessante sobre o assunto (http://www.aquaeden-shop.net/conceitos_6.html). Como regra geral posso dizer que até hoje tenho usado lâmpadas normalíssimas, com temperatura de cor a rondar os 4200K, 6500K, 8000K ou 10000K e nunca tenho tido grandes problemas anível das plantas. Posso dizer que ultimamente tenho até usado um projector LED de luz branca (com um espectro não muito adequado) e as plantas que mantenho não se têm ressentido.

 

acabei por comprar um sistema de CO2 em pastilhas para ja, que e para ver se junto uns trocos para meter depois um de botija, mas nao sei s o coloque ja para ver s a iluminação faz algum efeito pk parece-m q as plantas com estas lanpadas se estao a adaptar bem que achas?

R: A solução pode não ser apostar no CO2, tudo depende do que pretendes do aquário... Na minha opinião se apostares em injectar CO2 fá-lo de maneira a conseguires manter os níveis deste em valores estáveis, pois se existir uma flutuação constante nos níveis de CO2 é o primeiro passo para te começarem a aparecer algas. Como te disse anteriormente paciência e persistência são duas qualidades essenciais para se manter um plantado de sucesso.

 

obrigado pela atenção que tens tido com o meu problema

R: Não tens nada que agradecer, é esse o conceito do fórum (ou pelo mneos deveria de ser)... um espaço de partilha e de aprendizagem constante :thumbup3:

 

 

EDIT:

Sobre a temática dos aquários Low tech aconselho a leitura do livro "Ecology of the Planted Aquarium" da Diana Walstad ou de uma corrente low tech algo diferente sugerida pelo Tom Barr (no forum http://www.barrreport.com/) --> artigo sobre o assunto: http://www.aquascapingworld.com/magazine/Magazine/El-Natural-Vs-Tom-Barr-s-Low-Tech.html

 

Sei que estou a fugir um bocadinho ao tema mas pareceu-me que te poderá ser útil caso optes pela não adição de CO2

Edited by Murkas
  • Upvote 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

olha tens alguma loja?

 

abraço

Share this post


Link to post
Share on other sites
Sign in to follow this