Sign in to follow this  
running_wild

"A Encosta" 180l Plantado

Recommended Posts

Após ter começado com os plantados neste aquário, passei para uma aventura maior.

 

O setup é o seguinte:

Aquatlantis 101 - de 180l

Filtro Biobox 2(retirei o carvão e coloquei cerâmicas)

Termostato 200W

Bomba de 600l/h

Iluminação T5 2x45W

 

Substrato fértil Sera floredepot

Akadama

 

Flora:

O que mostra a foto biggrin.png' alt=':biggn:'>

 

Fauna:

1 Plecostumos albino

4 SAEs

 

Vou ainda colocar 4 corydoras albinas e um grupo de 4 escalares

 

img3313s.th.jpg

 

Agora uns pequenos problemas:

 

- O que posso por mais de fauna, sem que os escalaras não os comam?

 

- O aqua tem cerca de 1 mês e estar a ganhar algas pretas nas folhas, rochas e no substrato.

Após ver aqui theplantedtank, até dizem para não fazer TPA, tenho ando a fazer semanalmente entre 15-20%.

Vou ver se compro o Flourish Excel ou algo para as algas.

Não tenho kits para medir os niveis da agua, quais são os mais importantes a ter para já?

Tenho a iluminação em 7h diárias.

Que mais posso fazer?

 

Tudo o tipo de ajuda é bem vinda

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boa noite ?

 

Não fazer TPA's quando o aqua está ciclar ? Não me parece boa ideia. TPA's com força...2/2 dias por exemplo nas primeiras duas semanas...Tens muitos nutrientes na coluna de água e muito poucas plantas para os consumir. Além disso os substratos poderão ter substâncias nocivas que é preciso ir removendo ( talvez não devesses retirar o carvão para já).Não tens filtração mecânica ?

 

Tens que colocar mais plantas nem que sejam flutuantes para ajudar no consumo . Mais tarde pode ir retirando.

 

Tens de comprar alguns testes para saber como vão as coisas ( pH, kH, NO3 pelo menos ..talvez NH4, NO2 e PO4 pe.x.)

 

Os SAE's não fazem nada a essas algas pretas..infelizmente..depois crescem muito e só querem paparoca..

 

Ajudava se pusesses Excel regularmente.

 

A circulação da água também pode ser importante. Esse filtro está longe dos 900-1200 L/h que precisas para esse aqua. Ainda por cima esses 600 l/h são a referência inicial que diminuem rapidamente com o entupimento progressivo do filtro.

 

Que lampadas tens na calha ? Tª da cor em K ? (45 w t5 ?só conheço de 39 w=90 cm , 54 w = 110 cm, 80 w =135 ? cm)

Share this post


Link to post
Share on other sites

As algas castanhas são normais nos aquários novos, depois desaparecem normalmente.

 

A única maneira de evitar o aparecimento de algas e não existir no nosso aquário plantado o denominado factor limitaste.

 

Isto significa que tens de existir dentro do Aqua um equilíbrio entre luz, macro nutrientes, micro nutrientes, e CO2.

 

 

Se este equilíbrio existir as plantas vão consumir tudo, e as algas não tem epotese.

 

Mas, basta faltar um destes elementos para as plantas deixarem de consumir os outros drasticamente, e ai temos um bom de algas.

 

Quanto ao kit, na minha opinião deves apostar em Ph, GH, Kh, Nh4, No2 e No4

 

Estes são os testes indispensáveis para a fauna, depois tens os testes para a flora, mas não sei se vale a pena.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Viva,

 

O que eu te vou sugerir vai de encontro ao que muita gente te vai dizer. No entanto, pelo que percebi, tu tens um low-tech, ou seja, não injectas CO2.

 

Ora um plantado low-tech é um ecossistema completamente diferente de um high-tech.

 

Sugestões:

1. Deves reduzir a luz. Penso que tens um pouco de luz a mais para low-tech. Podes fazê-lo colocando qualquer coisa (e.g. rede) entre a calha e o aqua ou, como foi dito, utilizando plantas de superfície. Estas são importantes porque, para além de reduzirem a quantidade de luz que passa, e ao contrário das plantas submersas, não estão limitadas por CO2, pelo que vão ajudar a consumir o excesso de nutrientes (principalmente amónia) que se possa acumular.

 

2. Aumentar a biomassa vegetal. Isto é importante porque são elas o teu melhor filtro!!!

 

3. Parar de fazer TPA (ai que vai chover controvérsia). Num low-tech, o factor limitante é o CO2. Neste tipo de aquas, praticamente não existe CO2 na água porque tudo o que é formado é logo consumido pelas plantas. Ora quando fazes uma TPA estás a meter CO2, mas como as plantas estão adaptadas a níveis baixos de CO2 não o conseguem captar. O resultado é que estás a criar flutuações de CO2 e quem aproveita são as algas, que são muito mais simples e oportunistas.

Trocas de água em low-tech - 1 a cada 6 meses. Daí também a importância de ter uma boa biomassa vegetal (= filtro).

 

4. Se começares a notar carências, terás que fazer uma fertilização ligeira com macros e micros. A carga orgânica produzida pelos peixes poderá não ser suficiente caso a biomassa vegetal seja grande.

 

5. Excel = carbono. Vais passar a ser um high-tech. Se este é o objectivo então tudo muda...

 

Se sabes inglês aconselho-te a ler o método Diana Walstad ou artigos do Tom Barr sobre plantados low-tech. Lá terás muito mais informação e o porquê das coisas de forma mais detalhada do que a que posso estar aqui a dizer...

 

Abraço

 

GM

Share this post


Link to post
Share on other sites

Partilho das opiniões do gmmartins, aliás tenho um lowtech de 14l que se rege por estes principios com muito sucesso e pouco trabalho.

Tpas de 6 em 6 meses, pouca iluminação, fertilização semanal sem exageros e limpeza de filtros periódica.

 

Cumps

Share this post


Link to post
Share on other sites

Desde já obrigado a pelas ajudas.

 

Vou respondendo por partes:

 

-Acerca do filtro realmente é ou pouco curto, mas de momento não vou comprar mais nenhum vou-me aguentar com este, tenho é de ir trocando as "fibras brancas" que não sei qual o nome.

 

-A iluminação é o que vem com os aquatlantis estive a ver nas lâmpadas e não têm a indicação da cor/temperatura apenas diz numa Extra-Light e na outra Nature e são T5 45w com 895mm

 

-Vou de encontro ao que o gmmartins disse, o aqua é para ser low-tech, vou ver então o método da Diana Walstad e mais artigos do Tom Barr.

 

-Pelo que li os SAE comem este tipo de algas.

 

Hoje acabei de fazer um TPA de 40% (não vim primeiro ao forum), adicionei sera algovec e plantei mais flora.

Vou então reduzir a iluminação a ver no que dá

 

Obrigado pela dicas,toda a ajuda é bem vinda.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Viva,

 

Após ter feito isto:

Hoje acabei de fazer um TPA de 40% (não vim primeiro ao forum), adicionei sera algovec e plantei mais flora.

Vou então reduzir a iluminação a ver no que dá

 

Resolveu por o problema das algas, o sera algovec realmente funcionou.

 

Actualmente como está

 

img3321re.th.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites

Montagem diferente, mas falta folhas de dimensões mais variadas para dar um efeito de profundidade :)

 

Não tens tido problemas de mortes nesse aquário? A tua zona de pedras parece-me muito fechada e susceptível de criar zona morta.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Montagem diferente, mas falta folhas de dimensões mais variadas para dar um efeito de profundidade :)

 

Não tens tido problemas de mortes nesse aquário? A tua zona de pedras parece-me muito fechada e susceptível de criar zona morta.

 

Obrigado pela sugestão, vou tentar encontrar outro tipo de flora.

 

Ja tive mortes de alguns botias palhaço e corydoras mas isso foi antes de mudar o filtro. Agora com o fluval tem uma boa circulação julgo que seja o suficiente para não ter problemas.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pois normal peixes de fundo em zonas de pedras dá esses problemas, por isso tinha perguntado :)

O aumento de circulação por norma resolve :), em ultimo caso é abrir um pouco os montes para maior circulação.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Um pequeno update

 

 

cgug.jpg

Gostava de adicionar mais alguma flora, sujestões aceitam-se.

Actualmente tem:

 

Equipments:

Tank (LxDxH): 100 x 40 x 45 cm (180.0L)
Filters: Hagen Fluval 306

Selected species:
1 x Angelfish (Pterophyllum scalare)
1 x Two Spot Gourami (Trichogaster trichopterus)
4 x Rummynose Tetra (Hemigrammus bleheri)
4 x Siamese Algae Eater (Crossocheilus siamensis)
1 x Albino Bristlenose Pleco (Ancistrus cf. cirrhosus)

Recommendations/Warnings/Suggestions/Notes:

  • Warning: At least 5 x Rummynose Tetra are recommended in a group.
  • Warning: Two Spot Gourami is too aggressive to co-exist with Rummynose Tetra.
  • Note: Albino Bristlenose Pleco needs driftwood.
  • Recommended temperature range: 24 - 26 C.
    Recommended pH range: 6 - 7.5.
    Recommended hardness range: 5 - 15 dH.

    Your aquarium filtration capacity for above selected species is 92%.
    Recommended water change schedule: 31% per week.
    Your aquarium stocking level is 89%.
Edited by running_wild

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this