• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
Sign in to follow this  
guppyboy

filtros uv ajuda

Recommended Posts

Gostaria de saber se o filtro uv tem que esta sempre ligado ou não e qual a duraçao da lampada em horas, média.

Share this post


Link to post
Share on other sites

concordo com a resposta, só para explicar um bocadinho: os UV destroem o fertilizante que ande pela água, portanto como as pessoas fertilizam em geral durante o dia quando é aproveitado pelas plantas, mais vale ter o UV ligado de noite com as luzes apagadas. A duração vai depender um bocadinho do volume do aquário vs. o fluxo de água pelo filtro UV, e aí tens que ler as especificações do filtro; é possível que 2 horas cheguem, mas é possível que precises dessas 5 ou 6. Basicamente, para acabar com a chamada "água verde" não é preciso muito tempo, mas para eliminar os bichinhos maus (bactérias, vírus, parasitas em estado inicial), convém ter um fluxo de água pelo UV mais lento, para ter tempo de matar tudo; mas se o fluxo é mais lento, então para passar mais ou menos 3 vezes o volume de água do aquário (que mais ou menos garante que passou quase tudo pelo UV), demora mais tempo. Tens que fazer as contas à eficiência do UV (há-de estar nas instruções) e ao fluxo de água que passa por ele.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Podes explicar um pouco melhor porque o UV destrói os fertilizantes? Os fertilizantes são matéria orgânica?

Share this post


Link to post
Share on other sites

a maioria dos fertilizantes são moléculas complexas cujas ligações químicas são destruídas pelos UV. Por exemplo, o ferro quelatado. Alguns, como o potássio (por ex em forma de KCl, ou qualquer outra), os UV não influenciam.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não diria a maioria dos fertilizantes. O UV não terá nenhum impacto no caso que descreveste do KCL, para fertilização de potássio, assim como não terá, imagino, nenhum impacto na fertilização de nitrato se for usado o KNO3, idem para os fosfatos caso se use KH2PO4.

 

Não conhecia o efeito sobre as moléculas (orgânicas) que tornam o ferro assimilável pelas plantas, mas faz sentido a explicação apresentada.

 

Caso alguém queira usar o UV uma boa solução será ligar à noite e fertilizar pela manhã, tal como sugeriste,

 

Resta discutir se o UV tem algum efeito benéfico sobre os peixes e se não se estará a diminuir as defesas imunológicas destes.

Edited by zancum

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 

Resta discutir se o UV tem algum efeito benéfico sobre os peixes e se não se estará a diminuir as defesas imunológicas destes.

 

no caso geral não me parece, por uma razão: os peixes nos aquários estão expostos a agressões muito maiores do que na natureza; a densidade de peixes é muito maior, se um está doente os outros mantêm-se em contacto próximo com ele sem possibilidade de "fugir". Os UV protegem contra essas agressões extra...

 

por ex., a chamada "doença dos néons"; contra a qual não há grande salvação e que afecta muitos outros tipos de peixe (barbos, rasboras, escalares). Aliás, não há cura nenhuma, a "solução" inclui separar todos os peixes afectados e eutanásia com eles. A doença são esporos parasitas que se vão multiplicando dentro do peixe, subsituindo músculo. Quando o peixe morre (se não tiver sido separado), libertam-se milhões de esporos para a água. Mesmo sem isso, há esporos na água prontos a afectar outros peixes. Os UV nisso são preciosos, e quem tiver essa doença o melhor a fazer é usar UV 24h/dia durante uma semana ou duas, e tanto pior para o fertilizante.

 

De resto, os únicos fertilizantes que não são afectados são mesmo os NPK... os elementos menores/traço, em geral todos os que têm metais, necessitam todos de uma ligação biológica para "agarrar" o metal ao "bio", e tudo isso é destruído pelos UV.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Obrigado pela ajuda

 

cumprimentos

Share this post


Link to post
Share on other sites

no caso geral não me parece, por uma razão: os peixes nos aquários estão expostos a agressões muito maiores do que na natureza; a densidade de peixes é muito maior, se um está doente os outros mantêm-se em contacto próximo com ele sem possibilidade de "fugir". Os UV protegem contra essas agressões extra...

 

por ex., a chamada "doença dos néons"; contra a qual não há grande salvação e que afecta muitos outros tipos de peixe (barbos, rasboras, escalares). Aliás, não há cura nenhuma, a "solução" inclui separar todos os peixes afectados e eutanásia com eles. A doença são esporos parasitas que se vão multiplicando dentro do peixe, subsituindo músculo. Quando o peixe morre (se não tiver sido separado), libertam-se milhões de esporos para a água. Mesmo sem isso, há esporos na água prontos a afectar outros peixes. Os UV nisso são preciosos, e quem tiver essa doença o melhor a fazer é usar UV 24h/dia durante uma semana ou duas, e tanto pior para o fertilizante.

 

De resto, os únicos fertilizantes que não são afectados são mesmo os NPK... os elementos menores/traço, em geral todos os que têm metais, necessitam todos de uma ligação biológica para "agarrar" o metal ao "bio", e tudo isso é destruído pelos UV.

 

Que te parece alternar a fertilização com o filtro UV?

 

2ªfeira fertilização micros+macros

3ªfeira filtro UV 12h

4ªfeira fertilização micros+macros

5ªfeira filtro UV 12h

6ªfeira fertilização micros+macros

sabado feira filtro UV 12h

etc....

 

A ideia seria deixar 2 dias para os fertilizantes actuarem, e ligar apenas o filtro UV dia sim, dia não, mas com mais horas ligado que o normal.

Share this post


Link to post
Share on other sites

acho que não vem daí mal ao mundo, mas depende um bocado do que queres, se tens um aquário plantado exigente, a fertilização diária é melhor, mas num aqua menos exigente não é assim tão importante; e depois, depende da ocasião, se suspeitas de algum surto de doença, o melhor é parar a fertilização com micros, e ter os UV 24h/dia até teres debelado o problema. Os macros podes continuar.

 

Penso que não há uma regra estrita, o melhor é usar o bom senso e a experiência de cada um, evitando coisas como ter os UV ligados nas horas depois da fertilização em que as luzes estãoa acessas.

Share this post


Link to post
Share on other sites

ja agora a utilizaçao de uv aumenta a amonia e isso e como se faz para reduzir a amonia.

e quando se lava o filtro num aquario sem areao ficamos sem bacterias nenhumas como se repoem.

Share this post


Link to post
Share on other sites

acho que não vem daí mal ao mundo, mas depende um bocado do que queres, se tens um aquário plantado exigente, a fertilização diária é melhor, mas num aqua menos exigente não é assim tão importante; e depois, depende da ocasião, se suspeitas de algum surto de doença, o melhor é parar a fertilização com micros, e ter os UV 24h/dia até teres debelado o problema. Os macros podes continuar.

 

Penso que não há uma regra estrita, o melhor é usar o bom senso e a experiência de cada um, evitando coisas como ter os UV ligados nas horas depois da fertilização em que as luzes estãoa acessas.

 

Entendo. Obrigado pela sugestão.

 

Seja como, não é um tema consensual o impacto do filtro UV em fertilizantes. Há tantas vozes de um lado como de outro.

Eu vou-me regendo pelo aspecto das minhas plantas.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Este tópico tem mais de 6 meses de antiguidade... Se fizer sentido, por favor considere criar um novo tópico em vez de reactivar este. Obrigado!

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Sign in to follow this