Mais um potencial Novato/Curioso com dúvidas


Recommended Posts

Boas

 

De cada vez que dou uma vista de olhos neste Tópico, e não são tantas como desejaria, porque o tempo livre não o permite, fico satisfeito pelo desenvolvimento, ou não, do projecto. Este é um daqueles aquários que me vai dar prazer a espera, até ao resultado final.

 

Só me ocorre um pensamento: responsabilidade! Julgo que já tenha dado os parabéns, mas dou-os novamente: parabéns pela paciência, parabéns pela partilha, parabéns pelo muito estudo que está por detrás desta empreitada.

 

O registo diário das variações dos parâmetros da água é regra geral algo que normalmente não se faz, mas tendo em conta tudo aquilo que foi descrito até aqui, é algo que não podia faltar. Com uma ferramenta dessas à mão, de certo que qualquer variação/anomalia nos parâmetros da água, e em todo o ecossistema, será facilmente detectado, e prontamente resolvido.

 

Venham as cenas dos próximos capítulos!

 

 

 

Cumps.

Link to post
Share on other sites
  • Replies 3.9k
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

esses ancistrus parecem estar a vender muito agora, em vez dos A. cf. cirrhosus. tenho 3 desses na loja estavam a ser vendidos como Ancistrus Pitbull e acho que fui enganado, paguei caro por eles, en

ATUALIZACAO FINAL     Na impossibilidade de aceder ao meu "nick" e na falha da admimistração do fórum em sequer se dignar a responder ao email que lhes enviei, vejo me forçado a utilizar este nick

Olá a todos, sou novo no fórum...

 

 

Tópico de grande utilidade para principiantes como eu. Estou em vésperas de mudar de casa e um dos meus objectivos é iniciar-me neste hobby fantástico (Lembro-me de o meu pai ter 3, 4 aquários em casa, onde retirava várias criações, mas como era muito pequeno na altura os interesses eram outros :)).

 

Gostei muito das fotos e era algo que estava a faltar no topico, imagens, continua a mostrar-nos a evolução do teu projecto. Parabéns

Link to post
Share on other sites

Olá de novo.

 

Bem, não vai haver novidades até Quinta-feira pois só nessa altura devem chegar as plantas que encomendei (Anubia Nana, Musgo de Java e Eleocharis parvula). Sinceramente continuo com algumas duvidas em relacao a E. Parvula. Não só pelo facto de não ter subtracto fértil mas também por causa das proporções da "relva" e as rochas... espero que fique bem... não se esqueçam que sou mesmo nabo em termos de conjugação visual... as vezes tenho sorte mas isso não é a regra... é a excepção.

 

@David

 

Naturalmente não irei fazer essas análises para sempre... apenas no início pois gostaria mesmo de registar o tal "ciclo do azoto" e ter a certeza absoluta de que está feito. A partir dessa altura penso realizar o testes apenas semanalmente para ver se está tudo ok.

 

Por falar em cíclo... mesmo adicionando bactérias logo desde o início, deverá haver um pico de amónio seguido de nitritos e finalmente o aparecimento de Nitratos correcto? Suponho que apenas estejamos a "ajudar" um pouco o arranque não é?

 

Abraços

 

Tony

Edited by TonyCh
Link to post
Share on other sites

Actualização

 

Olá de novo.

 

Bem, hoje recebi as minhas plantas e já as coloquei no aquário. A Eleocharis parvula foi, definitivamente, uma má escolha para a minha situação. O meu filtro é potente demais para manter a "erva" na parte da frente do aquário mesmo após instalação de um chuveiro. Reduzi um pouco o fluxo mas mesmo assim... não estou a ver isso funcionar com areia tão fina como a minha. Só não a arranco já para testar a teoria da planta sobreviver sem subtratos férteis.

Quanto ao resto... penso que ficou mais ou menos. Como já tinha dito, o sentido estético é baixo e as anúbias são uma dor de cabeça para fixar nas rochas quando o aquário já está cheio (sairam da posição durante o enchimento... erro de principiante pensar que uma volta com uma linha de pesca chegava). Enfim... cá estão mais umas fotos. Não me crucifiquem por favor.

 

montagem-01.jpg

 

montagem-02.jpg

 

montagem-03.jpg

 

 

Ah... antes que me esqueça... o meu termómetro digital está avariado. Só diz "LO" e nada mais. Mesmo trocando a pilha de nada valeu. Por isso é que se vê aquele fio branco do lado esquerdo que estou a utilizar um termómetro comum com sonda para medir a temperatura da água até que chegue um novo termómetro.

 

Abraços

 

Tony

Link to post
Share on other sites

Tony antes de mais quero agradecer pela ajuda que o teu post me tem proporcionado. Sou novato e estou mais ou menos na mesma fase de montagem que tu. Coloquei hoje a primeira foto do meu aqua. Podes crer que foi muito influenciado pelo teu.

 

Continua com os posts que o pessoal aprende com eles.

Link to post
Share on other sites

Olá romancista! (isto é uma saudação positiva e apreciativa)

 

Gosto do aspecto do teu aquário, apesar de pouca gente gostar de areias muito brancas no fundo (por via de motivos estéticos e/ou de desconforto para os peixes).

Por acaso também tenho areia branca no meu e não creio que se verifique desconforto nos peixes.

Sei do que falas quando te referes ao momento crucial de atar as anúbias às pedras!!!! chainsaw

Relativamente às plantas de tapete, não sei se vais ter sorte. Eu não a tive, e penso que se deve ao facto de não ter substracto fértil.

Decidi optar por Cryptocorines várias, que ficam muito engraçadas, agarram muito bem à areia (às vezes demasiado bem)e fica um efeito engraçado.

Penso que pode ser uma boa alternativa, porque são plantas fáceis de manter, não crescem desmedidamente e são elegantes.

Mais uma vez parabéns pelo empenho e pelo exemplo.

Cumprimentos, majo

Link to post
Share on other sites

Olá a todos e obrigado pelas respostas!

 

@Ximen

 

Obrigado pelo comentário. Ainda bem que este tópico ajuda a mais alguém :). Já fui espreitar as fotos do teu aquário. Está muito giro. Aquela pedra negra fica muito bem. ;)

 

@majo

 

Já me chamaram de muita coisa agora romancista é a primeira vez :D

Quanto à areia... bem... a minha mulher também não gosta (gostava mais se fosse um areão negro de quartzo ou basalto) mas eu até acho engraçado... vamos é ver se a médio prazo não me farto de ver a sujidade espalhada.

 

A parvula foi uma ideia parva (trocadilho aqui :) ). Se não a tivesse pago, já a tinha arrancado 10 minutos depois de ter enchido o aqua mas assim... fica a para a experiência. Estive a ver as plantas que sugeriste (Cryptocorines) e parece-me ser uma boa alternativa (a Cryptocorynes parva parece muito engraçada). Terei que considerar essa hipótese mais tarde se decidir ter mais plantas.

 

@PedroLourenço

 

Obrigado! :)

 

 

 

Agora outro assunto... CO2... não preciso dele para as plantas (musgo de java e anúbias dificilmente precisam disso) mas preciso de baixar um pouco o meu PH e acontece que com as plantas também veio um difusor de CO2 em vidro que tinha encomendado (já nem me lembrava)... penso que, por enquanto, não valerá a pena investir num sistema CO2 a sério mas talvez um sistema caseiro já seja suficiente para baixar esse malfadado PH. O que acham?

 

Abraços

 

Tony

Link to post
Share on other sites

Olá romancista! (isto é uma saudação positiva e apreciativa)

 

Gosto do aspecto do teu aquário, apesar de pouca gente gostar de areias muito brancas no fundo (por via de motivos estéticos e/ou de desconforto para os peixes).

Por acaso também tenho areia branca no meu e não creio que se verifique desconforto nos peixes.

 

 

onde ouviste isso? já reparaste em grandes aquascapes? inestetica é a akadama que muitos aqui usam.

 

@tony se tiveres um filtro decente a areia estará limpa. tenho os meus aquarios sobrepovoados, e a areia está sempre limpa. claro que tens que deixar a areia escurecer um pouco com a mistura de dejectos dos peixes e colonização das bacterias, vai ficar mais apelativa e natural depois de um tempo. E, assim também mais apta para desenvolver plantas.

 

deves encher o aquário até cima, e não deixar aquela linha visivel.

 

a organização das plantas, tal como das pedras seguem regras universais. por exemplo, juntar plantas da mesma espécie num grupo, plantas de folhas pequenas para aquarios pequenos, há plantas para por atrás e outras à frente. por exemplo, a E. parvula não é propriamente uma planta de fundo, e está à frente da anubia, tapando a anubia... tas a por fertilizante em pastilhas para a E.parvula?

 

 

quanto às anubias, depois de um tempo elas acabam por se agarrar sozinhas. Pelo menos tenho algumas em tronco que já estão agarradas pela raiz. Nas pedras nunca experimentei.

 

malfadado pH? a agua acidifica naturalmente à medida que o aquario fica maturado. les muita coisa do pH e a tentarem descer pH, mas isso é maioritariamente topicos de novatos. Dificuldade será subir o pH sem acrescentar algo, pois água alcalina é relevante para a coloração dos ciclideos africanos e as conchas de moluscos.

Edited by Quo
Link to post
Share on other sites

Antes de mais os meus parabéns porque o aquário está espectacular!!

 

@Quo

 

 

Quanto às plantas, é uma falacia dizer que não desenvolvem em areia. E, tive trabalho a descobrir isso por mim mesmo, ouvindo os absurdos que por aqui se diziam e continuam a dizer. Algumas plantas terão dificuldade no enraizamento, mas muitas outras não, nem a dificuldade de criar raiz é impeditivo de ela morrer. tens é que fertilizar, ter luz, co2, água cristalina, e plantas sem algas. usas fertilizante liquido ou pastilhas.

 

 

Relativamente ao comentário acima e não querendo ir contra a experiência acumulada questiono se não terás tido sucesso em as plantas se enraizarem na areia visto que és um adepto fervoroso de caracídeos. Os mesmos remexem a areia o suficiente para a mesma não ficar uma massa compacta e deixam as raízes crescer. Queria mesmo só que me confirmasses se eu posso ou não ter razão :)

Link to post
Share on other sites

Olá

 

@Quo

 

Obrigado pelo comentário! Segui o teu conselho sobre o agrupamento de plantas e reorganizei um pouco de nada o aquário. Quanto à ideia de "aquário pequeno, folhas pequenas", já tinha ouvido falar disso e, se reparares, a "anubia nana" do lado direito foi comprada por mim "in loco". Se é mesmo só "nana" ou "nana petit" não faço ideia pois o vendedor também não me sabia dizer. Quanto às anúbias do lado esquerdo, encomendei-as como sendo "anubias barteri var nana". Porque raios tem as folhas 5 vezes maiores que a "nana desconhecida" que comprei localmente, não faço ideia. Talvez tenham sido melhor tratadas ou então há muitos tipos de "nana" por aí.

 

Quanto ao filtro... é potente sem dúvida... o meu maior problema é que mesmo com o "chuveiro" ainda tem tendência de ir deslocando a areia fina e formar um "hardscape" à vontade da corrente de água... espero que os peixes não impliquem com os turbilhoes mas posso sempre reduzir o fluxo um pouco (apesar de não achar isso muito boa ideia não sei bem porquê).

 

Em relação ao nível da água, já tratei disso. Não coloquei ainda pastilhas para a parvula. Apenas coloquei 2.5ml de Planta 1 da Elos (metade do sugerido já que não tenho plantas tão exigentes e quero evitar as algas).

 

Finalmente em relação ao PH... estive a testar há bocado e tenho, neste momento, 7.4 de PH. Isso não é excessivo para a maioria dos ciclídeos anões? Acredito que as corydoras, Ottos e Rasboras Arlequim não se irão chatear muito com esse PH mas e o casal de ciclídeos? Penso que são bastante mais sensíveis que os restantes futuros habitantes?

 

Aqui as fotos mais recentes:

 

montagem-04.jpg

 

montagem-05.jpg

 

montagem-06.jpg

 

 

Abraços

 

PS - Acabei de descobrir o primeiro habitante do aquário... parece um caracol minúsculo mas bastante agil... será praga ou inofensivo? Se for praga devia elimná-lo enquanto só é um não?...

 

Aqui uma foto (desculpem a qualidade mas a minha máquina não é grande coisa para macros de coisas com 2mm de tamanho):

 

caracol-01.jpg

 

caracol-02.jpg

 

 

Tony

Edited by TonyCh
Link to post
Share on other sites

boa noite tonych.

 

antes de mais deixa me dar te os parabéns por esse aquário, embora simples ta muito bonito.

 

quanto então ao caracol, segundo o que me parece na foto é um physas. enquanto for um não deves ter muitos problemas, limpa te as algas.

 

agora se tiveres mais facilmente se torna uma praga difícil de controlar

Link to post
Share on other sites

onde ouviste isso? já reparaste em grandes aquascapes? inestetica é a akadama que muitos aqui usam.

 

Olá Quo

 

Como já disse, eu gosto de areia branca no fundo.

Não sei se os fundos escuros são uma moda ou se são um bom princípio aquariofilista ou apenas uma questão de gosto pessoal.

O que eu sei é que li em montes de sítios (neste forum incluive) muita gente a dizer que a areia branca é inconveniente para os peixes, porque causa stress nos peixes; que reflecte demasiado a luz; que há peixes que não gostam de fundos claros, etc....

Eu estou contente com a minha opção.

 

Olá tonich

Quanto ao lixo acumulado e visível na areia branca, eu penso que isso é um não-problema. Se bem «te conheço», pela forma como estás a construir o teu aquário, não me parece que isso venha a acontecer, porque serás um aquariofilista atento, que não vais deixar chegar o aquário a esse ponto.

 

Cumprimentos, majo

Link to post
Share on other sites

Antes de mais os meus parabéns porque o aquário está espectacular!!

 

@Quo

 

 

 

Relativamente ao comentário acima e não querendo ir contra a experiência acumulada questiono se não terás tido sucesso em as plantas se enraizarem na areia visto que és um adepto fervoroso de caracídeos. Os mesmos remexem a areia o suficiente para a mesma não ficar uma massa compacta e deixam as raízes crescer. Queria mesmo só que me confirmasses se eu posso ou não ter razão :)

Sou adepto de uma multitude de fauna. De caracídeos gosto, mas não sou propriamente um adepto fervoroso, até porque os caracídeos (tetras) não usam o fundo. Deves estar-te a referir a ciclídeos. E, os ciclideos que gosto mais são precisamente esses de fundo, como os papa-terra sul americanos e os seus primos Thorichthys da América central, os mbunas africanos, os kribs... Também tenho bichos que circulam debaixo da areia (botia cara-de-cavalo) e outros que se enterra (peixe banjo)...

 

Desconfirmo o que dizes, a areia fina de silica NAO COMPACTA e as raizes desenvolvem-se na mesma pela areia e não andam as plantas a voar... Mas também selecciono plantas. Podes ver os meus aquários que tenho disponiveis. e não tenho grandes conflitos entre a fauna e as plantas, agora estou a plantar sagittárias, pois planeio fazer uma zona verdinha de baixa manutenção. o problema maior que encontro é a fertilização e a luz.

 

 

Olá

 

@Quo

 

Obrigado pelo comentário! Segui o teu conselho sobre o agrupamento de plantas e reorganizei um pouco de nada o aquário. Quanto à ideia de "aquário pequeno, folhas pequenas", já tinha ouvido falar disso e, se reparares, a "anubia nana" do lado direito foi comprada por mim "in loco". Se é mesmo só "nana" ou "nana petit" não faço ideia pois o vendedor também não me sabia dizer. Quanto às anúbias do lado esquerdo, encomendei-as como sendo "anubias barteri var nana". Porque raios tem as folhas 5 vezes maiores que a "nana desconhecida" que comprei localmente, não faço ideia. Talvez tenham sido melhor tratadas ou então há muitos tipos de "nana" por aí.

montagem-05.jpg

 

A do outro lado, é anubia nana. Mas a desta imagem não são. Uma delas é a anubia lanceolata que é muito boa, já agora. A de trás, é uma anubia barteri comum, não é nana.

 

Quanto ao filtro... é potente sem dúvida... o meu maior problema é que mesmo com o "chuveiro" ainda tem tendência de ir deslocando a areia fina e formar um "hardscape" à vontade da corrente de água... espero que os peixes não impliquem com os turbilhoes mas posso sempre reduzir o fluxo um pouco (apesar de não achar isso muito boa ideia não sei bem porquê).

 

se levanta areia é potente demais.... se bem que algum desse caudal será perdido quando o aquario for povoado. Mas levantar areia não é normal... estás a usar um filtro para um aquário maior num aquario pequeno. O chuveiro (barra de aeração) podes por a água na horizontal para mover a superfície da água, é mais eficiente, oxigena melhor e reduzes esse problema.

 

Finalmente em relação ao PH... estive a testar há bocado e tenho, neste momento, 7.4 de PH. Isso não é excessivo para a maioria dos ciclídeos anões? Acredito que as corydoras, Ottos e Rasboras Arlequim não se irão chatear muito com esse PH mas e o casal de ciclídeos? Penso que são bastante mais sensíveis que os restantes futuros habitantes?

 

deves fazer bem é a adaptação dos peixes ao teu aquário. Preocupa-te com a adaptação e começa por colocar os peixes mais fáceis. no aquário de ciclideos americanos não passo bola ao pH, nos africanos é que me interesso. Mas o que tenho de ciclideos de águas àcidas é aequidens sp. Thorichthys sp. (ácido, neutro, alcalino) geophagus sp. e mikrogeophagus sp. além dos africanos ribeirinhos (pelvicachromis sp.) que também são vistos como de águas ácidas. e, nada a reclamar, estão LINDOS! para os americanos tens que ter cuidado com os fungos - faz um tratamento de esha 2000 para contonar esse problema, alimentação variada e água limpa bem oxigenada é que é importante...

 

 

PS - Acabei de descobrir o primeiro habitante do aquário... parece um caracol minúsculo mas bastante agil... será praga ou inofensivo? Se for praga devia elimná-lo enquanto só é um não?...

 

Aqui uma foto (desculpem a qualidade mas a minha máquina não é grande coisa para macros de coisas com 2mm de tamanho):

 

é um vulgar caracol physa sp. tal como foi dito. é o que é chamado praga, e basta um para povoar o teu aquário, mas se vais por ciclideos que comam invertebrados... praga não se tornará... não é muito util ao aquário e tornam-se inestéticos. se achaste piada ao molusco a circular pelo aquário, algo que acho muita piada, podes comprar nas lojas moluscos belissimos e uteis ao equilibrio do aquário.

 

 

Como já disse, eu gosto de areia branca no fundo.

Não sei se os fundos escuros são uma moda ou se são um bom princípio aquariofilista ou apenas uma questão de gosto pessoal.

O que eu sei é que li em montes de sítios (neste forum incluive) muita gente a dizer que a areia branca é inconveniente para os peixes, porque causa stress nos peixes; que reflecte demasiado a luz; que há peixes que não gostam de fundos claros, etc....

é tanga, para justificar as suas opções. E, são gostos... areia branca será incoveniente para manter camarões red cherries por exemplo, pois tendem a empalidecer cromaticamente, mas não por medo, mas sim por camuflagem do camarão.

Edited by Quo
Link to post
Share on other sites

Boa Noite a todos.

 

@RDS

 

Obrigado pela informação. Andei a investigar um pouco e, apesar de achar piada ao bicho, foi re-alocado para outro lado pois pelos vistos esta espécie é hemafrodita... em dias teria centenas deles e não são tão bons a comer algas como outras espécies.

 

@majo

 

Até no manual da "Sera" (aqueles que são oferecidos em algumas lojas) diz expressamente "em caso algum utilize areia branca"... enfim... decidi experimentar assim pois acho piada ao contraste. Se os peixes não gostarem ou eu não der conta do recado, tenho sempre a possibilidade de desfazer tudo e re-montar o aquário... pedras e plantas tenho. Arranjar um substrato mais escuro também é facil. Por enquanto fica assim e vamos ver no que da.

 

@Quo

 

Ora bolas... então aquilo são Anubias normais? Agora fiquei um pouco desapontado. Sempre tive boas experiências com compras na Net (já conto com mais de cinco centenas de pedidos nos ultimos 6 anos) e agora mandam-me as coisas erradas? Sendo principiante, não sabia distinguir uma "nana" de uma normal. Apenas assumi que as "nanas" da Net estavam mais desenvolvidas que a que comprei cá... já tive um percalço com esta encomenda que faltou um ítem mas a loja foi impecável e enviou logo no dia a seguir o que faltava. Agora tenho que reclamar de novo? Isto já se está a tornar incómodo. Alguém por aí que queira trocar duas Anubias barteri por nanas? Já agora... a fotografia engana um pouco porque uma delas parece uma anubia lanceolata mas é exactamente igual à outra. O ângulo confunde um pouco.

 

Quanto ao filtro... sim, é um Eco Pro 130. Tem capacidade para dar conta dum aquario com mais do dobro da litragem do meu portanto é capaz de ser um exagero. Já reduzi o caudal exactamente ao ponto em que já não levanta graos de areia mas ainda agita tudo o suficiente. Um coisa que já me está a preocupar é a evaporação... o meu aquário é aberto e a água desaparece a olhos vistos! Hoje devem ter evaporado quase 2 litros de água. Pergunto-me como será quando realmente o aquário estiver estabelecido e eu fizer TPAs semanais. Estava a planear trocar 20% de água o que seriam uns 10 ou 11 litros. Se contar com a evaporação de mais de 7 litros de água, as tpas vão ser, practicamente de 40% pois irei retirar 10 litros e juntar uns 17 ou 20... é mesmo assim que as coisas funcionam?

 

Em relação aos peixes, as corydoras serão as primeiras, seguidas umas semanas mais tarde de um cardume de rasboras arlequins e um pouco mais tarde os Otos. Só lá para meio do verão é que vou aproveitar e dar um salto a Espanha e arranjar um apistogramma macho ou fêmea e o par correspondente cá em Portugal.

 

Mais uma vez obrigado por todas as dicas que vocês me têm dado :)

 

Abraços

 

Tony

Link to post
Share on other sites

Mais uma actualização

 

Olá de novo.

 

Não tenho grandes novidades pois o aquário ainda está a ciclar. Tenho medido os valores regularmente e os níveis de amónio têm subido lentamente ao longo dos ultimos 12 dias (estão agora a 0.5 ppm). Apenas hoje os nitritos apareceram (menos de 0.12 ppm) e os nitratos já há alguns dias que se mantêm a 5 ppm. É curioso que, apesar da utilização de bactérias e de colocar comida quase todos os dias, o processo está a demorar muito mais tempo do que pensava. Leva, em média, três dias, para que se consiga distinguir uma alteração de valores nos níveis de amónio. É incrível como algumas empresas afirmam que, com a colocação de batérias, podemos colocar peixes logo após 24h... posso estar errado, mas pelas medições que efectuei, a água leva bem mais de 24 horas para estabilizar. Vou agora no dia 12 e não me parece que o pico de amónio já tenha sido atingido. Enfim, vamos ver o que vai sair disto.

 

De qualquer forma, o que me leva a escrever estas linhas é uma novidade pois hoje montei um sistema caseiro de CO2. Está rudimentar mas parece que funciona.

 

Neste momento, tenho a certeza de que alguns de vós devem estar a pensar como é que um perfeicionista como eu montou um sistema caseiro em vez de uma solução comercial de CO2 pressurizado mas a verdade é que, como já tinha dito, não tenho necessidade real de um sistema CO2 pois apenas tenho anubias e musgo de java cuja sobrevivência certamente não depende da injecção de CO2... no entanto, achei piada às diversas descrições que encontrei aqui no fórum e, tendo em conta que deve ser possível baixar ligeiramente o PH quando fazemos recurso do CO2, decidi experimentar.

 

Utilizando diversos tópico neste fórum como referência montei um sistema com recurso à gelatina e difusor de vidro. Tirei algumas fotografias para poderam opinar sobre se fiz alguma coisa de errado ou não.

 

co2-01.jpg

 

co2-02.jpg

 

co2-03.jpg

 

co2-04.jpg

 

co2-05.jpg

 

co2-06.jpg

 

Comentários são sempre bem vindos :)

 

Abraços

 

Tony

Edited by TonyCh
Link to post
Share on other sites

E. Parvula

 

Estava eu à espera que a minha plantação de E. Parvula morresse para poder substituí-la por outra anubia nana e não é que hoje reparei numa data de pequenos "fios" a emergirem da areia fina a menos de 1 cm do tufo original que tinha plantado? Nem sequer coloquei pastilhas no substracto, porque é que estão a nascer rebentos? Bem... sempre pode ser o último desespero da planta em lançar descendência antes de "bater as botas" mas fiquei muito surpreendido.

 

Outra supresa foi o facto de descobrir que nas duas anubias normais estão a nascer uma folha nova em cada. Li algures que as anubias eram de crescimento lento e não deviamos contar com mais do que uma ou duas novas folhas por ano... parece que a "sementeira de 2011" está a efectuar-se neste momento.

 

Se o raio dos valores de amónio finalmente começassem a descer para poder meter peixes... enfim... estou a ver pelo menos mais duas semanas de espera à minha frente.

 

Abraços

 

Tony

Link to post
Share on other sites

Olá

 

O aquário está mais ou menos estabilizado e coloquei hoje 4 Corydoras Aeneus. Porquê a escolha dessa espécie? Bem... bati as lojas todas cá no algarve e não havia uma única que tivesse mais do que dois exemplares de qualquer especie. Só em Quarteira é que encontrei estes 4 exemplares da mesma linhagem o que me levou a adquiri las. O pior é que estavam em aquários diferentes e logo expostos a condições diferentes. Vamos ver como se dão. Há uma que claramente aparenta ser o líder do grupo que mal acabou a "aclimatização" começou imediatamente à procura de comida e a "espevitar" as outras para formarem cardume. Tenho duas que andam sempre "enroladas" uma com a outra... parecem um casal apesar de saber que as corydoras não fazem "casais". Tenho aínda uma que parece mais apática que as outras... não é bem apática que ela farta-se de correr dum lado a outra e a comer mas não quer fazer parte do cardume. Tenho 3 a brincarem juntas e esta, apesar de fazer palhaçadas, não aguenta muito tempo no cardume... pode ser que leve mais algum tempo a juntar-se ao grupo.

 

Infelizmente também reparei que uma das 3 malucas tem os bigodes minusculos (ou inexistentes) e é mais clara que as outras. Não reparei nesse pormenor quando estava na loja. Ela parece feliz e saudável mas não sei... tenho algum receio que acabe por morrer. Esperemos que se consiga "curar" e que o bigode lhe comece a crescer de novo.

 

Abraços

 

Tony

Link to post
Share on other sites
  • 2 weeks later...

Mais uma actualização

 

 

Bem, suponho que mais ninguém já esteja a ler isto mas de qualquer das formas, fica aqui mais um registo, nem que seja só para eu me lembrar daqui a uns anos, como foi a minha experiência de "iniciação".

 

As corydoras continuam de boa saúde e loucas como nunca. De paradas não têm mesmo nada. Apesar de ser discutível a utilização da areia fina branca, agora que vejo a felicidade dos animais a rebolarem-se nela como porcos, vale a pena qualquer desvantagem que possa, futuramente, advir da utilização da mesma.

 

Não me posso queixar de sujidades no substracto. Apesar de as corydoras não comerem porcarias, apenas ao facto de andarem aos saltos e pulos e a abanar as caudas na areia, é o suficiente para levantar os detritos e deixar o filtro fazer o trabalho dele. a areia continua limpinha.

 

Infelizmente, o mesmo não posso dizer do aquário. Na última semana apareceram me algas castanhas pelos vidros, plantas e rochas. Está tudo uma imundice completa. As algas em questão são diatomos, portanto nada de grave. Contratei uma equipa de Otocinclus Affinis para tratarem disso. Esqueci-me de lhes pedir o BI antes o que levou ao facto de acabar por contratar uma equipa muito juvenil. Neste momento estão a alternar entre as algas dos vidros e das folhas e uma rodela de pepino que introduzi no aquário. Utilizei a técnica do gota-gota para aclimatiza-los e parecem todos bem de saúde. Há um deles em que não ponho grandes esperanças pois está muito magrito e passa muito tempo a olhar para o vazio em vez de perseguir as corydoras. Sim, leram bem... os meus otocinclus de 1.5cm divertem-se a perseguir corydoras de 5 cm... Claro que há uma delas que, de vez em quando se vinga e lá vai investir contra um dos Otos mas espero que, daqui a uns tempos, todos se deêm bem. As plantas estão todas a ir muito bem. Aquela parvula já espalhou raizes para dentro da areia fina e está lentamente a espalhar-se. O CO2 que comecei a injectar fez lhe bem. Devia colocar um pouco de fertilização líquida mas queria esperar mais uns tempos para controlar primeiro as algas.

 

Por enquanto não vou colocar fotos gerais do aquário... não é pela máquina, nem falta de pilha ou problemas no computador... tenho é vergonha de mostrar o estado dele neste momento. Tenho tudo castanho (excepto a areia). Quando estiver tudo outra vez limpo, logo coloco aqui fotos.

 

Se me permitem, vou no entanto colocar umas fotos das minhas corydoras aeneus... sim, sei que são vulgares e já viram esses peixes milhares de vezes mas... estes são as minhas e gosto delas! :D

 

cory-01.jpg

 

cory-02.jpg

 

cory-03.jpg

 

cory-04.jpg

 

 

Abraços e até à próxima

 

 

Tony

Link to post
Share on other sites

Olá

 

Com o entusiasmo que mostras, é «viciante» ir lendo o que escreves, portanto não corres o risco de ficar sem leitores. :)

 

Mas desta vez, usaste umas metáforas fortes! Porque o teu aquário tem um ar muito puro, muito «Zen», e foi-me difícil imaginar as delicadas corydoras a «rebolarem-se como porcos»!!! :dance:

 

Eu tenho 8 corydoras paleatus , duas corydoras melanistius e 4 corydoras pygmaeus. Acho que estas espécies são muito activas. Mas também gosto de as ver pousadas nas folhas e nos sítios mais improváveis. Parecem bibelots de tão delicadas que são.

 

As algas nos vidros fazem parte do processo. Até me ajudam a perceber o estado do aquário em dado momento.

 

Desejo que a introdução dos peixes corra bem e que desfrutes plenamente do teu aquário.

Cumprimentos, majo

Edited by majo
Link to post
Share on other sites

Olá majo

 

Bem, parece que as corydoras me ouviram porque parecem ofendidas comigo... agora que o aquário começou a ser limpo pelos otocinclus, cada vez que entro no escritório, as corys fogem como relâmpagos atrás das rochas e plantas. Muito estranho mesmo. Nas últimas duas semanas não me tem ligado nenhuma e andavam sempre aos saltos e pulos à frente de toda gente. Agora fazem o mesmo... desde que eu não esteja por perto. Até parece que lhes fiz alguma coisa!? Terá sido da TPA que fiz ontem? També acrescentei uma anúbia nada para os peixes terem mais esconderijos e parece que aproveitaram a deixa... Toda gente diz que os otos são difíceis de encontrar no aquário mas no meu caso, parece que os otos dominam o sítio. como 4 corys se conseguem esconder de tal forma num aquário de 60cm é um mistério para mim... só aparecem quando não estou ou quando lhes dou comida. Até já verifiquei os parâmetros do aquário não fosse haver alguma alteração mas os valores até estão "melhores" do que antes (costumava ter um ligeiro traço de nitritos mas esses também já desapareceram)... estranho.

 

Agora que estou a escrever isto de luzes apagadas, lá apareceram duas a revirar a areia na parte da frente mas é só mover a cabeça e lá fogem elas... só os otos é que voam de um lado para outro. Muito estranho... também notei que as corys agora andam sempre enroscadas umas nas outras. Estão sempre numa espécie de dança ou ao "empurrão".

 

Quanto às algas, os diatomos já desapareceram pela metade. os Otos tem dado cabo deles mas tenho notado o aparecimento de algas verdes. Uma penugem só pelos vidros. Não me preocupo muito desde que os Otos também comam aquilo. Assim vou poupando no pepino.

 

Já agora, alguém sabe o ritmo de crescimento de um Otocinclus? É que parece que os meus estão a crescer a cada dia que passa? Quando os trouxe, cada um deles não devia ter mais de 1.5cm e mal os conseguia ver a nadar e agora começam a parecer bastante maiores... juro que um deles parece ter o dobro do tamanho... pelo menos de largo.

 

Hum... por falar nisso, acho que tenho que cortar na ração... acabei de ver uma corydora e parece uma... não vou dizer senão o "Majo" chateia-se comigo :P :P

 

Bem, devo ser eu a ver mal... já tou a ver muito peixe "graúdo" no meu aquário. Também pode ser das horas... enfim, amanhã é outro dia :)

 

Abraços

 

Tony

Link to post
Share on other sites

Olá,

 

Não sei dizer o que se passa com as tuas corydoras, contudo, ocorre-me dizer que no início do hobby, tive dessa espécie, sem sucesso, o que atribui a azelhice da minha parte. Comparativamente às espécies que tenho agora, acho que essas precisam de mais tempo para se adaptarem. As que tenho agora adaptaram-se muito mais facilmente.

 

Já tive Otocinclus e eles não interferiram mininamente com nenhum peixe. Pelo contrário, eram assustadiços e estavam sempre a fugir dos que passavam ao lado.

Penso que o layout do teu aquário está muito bonito para gente ver, contudo, pode ser que tenha poucos esconderijos onde os peixes se possam sentir seguros. Será disso?

 

As corys também gostam de viver em grupo. Sentem-se mais seguras.

Tenho lido muita coisa sobre corys, mas nada li que refira cientificamente esse comportamento como padrão.

Para mim, o comportamento dos teus Cory/Oto, não passa de uma fase de adaptação.

 

Queres uma opinião??? - Relaxa!!

 

Se tens tudo direitinho (ciclo feito, qualidade da água e adequada a essas espécies, etc.... deixa que os bichos se instalem à moda deles e curte o aquário. :sunbathing:

 

Cumprimentos, majo

Edited by majo
Link to post
Share on other sites

Olá de novo

 

O layout, apesar de igual em termos de disposição de rochas, já foi um pouco alterado com a introdução de mais uma anúbia nana e outra anúbia barteti. Alias, desde que introduzi essas duas plantas que fornecem claramente mais abrigo aos peixes, que estes últimos aproveitam os esconderijos. Antes quando não os tinham, também não os procuravam. O meu aquário agora tem um aspecto muito mais caótico. Não é o que idealizei mas tem mais "verde" o que só pode ser melhor para a fauna. De Zen já pouco tem. Enfim, quando estiver mínimamente apresentável (quando se conseguir ver o interior) logo coloco fotos actualizadas.

 

Abraços

 

Tony

Link to post
Share on other sites

Boa noite.

 

Bem há muito tempo que já não aparecia aqui no fórum e á muito tempo que não via um novato tão empenhado.

 

Deixa-me dizer que para quem começou agora, fizeste um aquário com um layout muito agradável e bonito.

 

 

Vá lá ao menos agora já sei que o meu otto, não é o único que persegue peixes com um porte maior que o dele.

Tal como tu também adoro corydoras, então em grupos grandes são um espanto.

 

 

Vou começar a seguir o teu tópico, por isso não deixes de actualizar.

 

 

Cumps, Rafael Silva.

 

EDIT(esqueci-me de dizer uma coisa): Nos primeiros tempos, quando montei o aquário também tive alguns problemas com algas, mas depois desapareceram.

Se tiveres muitas algas nos vidros, quando poderes e se achares necessário compra um limpador magnético, comprei um á uns tempos e é bastante útil.

Edited by Rafael Silva
Link to post
Share on other sites
Este tópico tem mais de 6 meses de antiguidade... Se fizer sentido, por favor considere criar um novo tópico em vez de reactivar este. Obrigado!

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.