Genetica Neocaridina heteropoda


Recommended Posts

Tenho andado a pesquisar sobre a cor aplicada aos Neocardina heteropoda, mas está dificil e a informação é pouca ou inexistente.

A questão que coloco é se a cor da var. red e da var. green são codificadas por alelos diferentes, ou seja, se houver um cruzamento entre um red cherry e um green a descendência vai apresentar toda uma cor (vermelho ou verde seja qual for o dominante) ou se vai ser um misto das duas cores, não sendo puro.

Agradeço aos especialistas do "know how" que decerto já assistiram a algo parecido.

 

Abraço

Link to post
Share on other sites

Eu penso que nascem com cores variadas e a colónia rapidamente caminhará para a sua coloração natural.

 

Ao contrário do que escreves no final do post, "... não sendo puro." eu acho o contrário, será o mais puro possível ;) Neocaridina Heteropoda (wild)

Link to post
Share on other sites

Tenho neocardina heteropoda da variante red e da selvagem (castanhos), ao fim de algumas gerações a cruzarem, começaram a aparecer reds com perda de cor e pardes do corpo manchadas de amarelo, verde, azul, etc.

Ao mesmo tempo também começaram a aparecer camarões com tonalidades consistentes em tons de laranjas, verdes, amarelos, mas nenhum deles muito carregado.

Aparentemente não se tratará de uma caracteristica determinada apenas por um par de alelos, havendo inclusivamente mecanismos de co-dominância, mas nunca tentei investigar isto mais a fundo.

Link to post
Share on other sites
Eu penso que nascem com cores variadas e a colónia rapidamente caminhará para a sua coloração natural.

 

Ao contrário do que escreves no final do post, "... não sendo puro." eu acho o contrário, será o mais puro possível ;) Neocaridina Heteropoda (wild)

Mas então perde-se o gene que codifica a cor especifica? Não faz muito sentido, porque sendo eles e agora entrando na especulação, homozigooticos para aquela cor como aparece a cor primitiva e ocorre um regresso à base?

Link to post
Share on other sites
Tenho neocardina heteropoda da variante red e da selvagem (castanhos), ao fim de algumas gerações a cruzarem, começaram a aparecer reds com perda de cor e pardes do corpo manchadas de amarelo, verde, azul, etc.

Ao mesmo tempo também começaram a aparecer camarões com tonalidades consistentes em tons de laranjas, verdes, amarelos, mas nenhum deles muito carregado.

Aparentemente não se tratará de uma caracteristica determinada apenas por um par de alelos, havendo inclusivamente mecanismos de co-dominância, mas nunca tentei investigar isto mais a fundo.

Mecanismo de co-dominancia e dezenas de genes para a cor é o mais provavel, ams gostaria de saber mesmo se alguém já teve greens com reds e qual o resultado.

Pelo que me disseram quando se tem CRS e CBS juntos as crias mantêm sempre as caracteristicas, ou saem pretas ou vermelhas, não há mistura de cores.

Link to post
Share on other sites

Olá,

 

Mantens o gene da cor se cruzares o mesmo gene (exemplo vermelho), ou seja, continuas a ter homozigoticos, quando misturas duas cores, obtens várias cores (como explicou o Diogo, e o que se passou no meu aquário The Small One), ou seja, heterozigoticos, com o passar do tempo e com sucessivos cruzamentos a tendência é voltarem às cores selvagens (que é o que tenho no meu aquário "The Small One").

Link to post
Share on other sites
Mecanismo de co-dominancia e dezenas de genes para a cor é o mais provavel, ams gostaria de saber mesmo se alguém já teve greens com reds e qual o resultado.

Pelo que me disseram quando se tem CRS e CBS juntos as crias mantêm sempre as caracteristicas, ou saem pretas ou vermelhas, não há mistura de cores.

 

Certo, nos CRS e CBS tens essa situação, mas nos red's e greens tens aquilo que chamo mistela, tal como no cruzamento de red cherrys e white pearl, como traduzi um artigo alemão colocado aqui -> Cruzamento Red Cherry X White Pearl

Link to post
Share on other sites
Olá,

 

Mantens o gene da cor se cruzares o mesmo gene (exemplo vermelho), ou seja, continuas a ter homozigoticos, quando misturas duas cores, obtens várias cores (como explicou o Diogo, e o que se passou no meu aquário The Small One), ou seja, heterozigoticos, com o passar do tempo e com sucessivos cruzamentos a tendência é voltarem às cores selvagens (que é o que tenho no meu aquário "The Small One").

 

 

aqui disses-te tudo, o que acontece é que a cor vai-se mantendo nas primeiras geraçoes mas degenerando nas seguites até ficarem todos com uma coloraçao muito proxima ao selvagem neocaridina heteropoda, o que pode ser melhor ainda para quem quer tentar apurar novas variantes, pois a variedade genetica é muito maior e podem surgir como o diogo disse cores como o azul e o laranja que podem ser alvo de reproduçao selectiva para a tentativa da fixaçao de ovas variantes

 

mas....nunca esquecendo que mesmo numa colonia de red´s da linhagem original podem surgir camaroes com "mutaçoes cromaticas" diferentes, e é isto tambem que possibilita a reproduçao selectiva

 

 

Certo, nos CRS e CBS tens essa situação, mas nos red's e greens tens aquilo que chamo mistela, tal como no cruzamento de red cherrys e white pearl, como traduzi um artigo alemão colocado aqui -> Cruzamento Red Cherry X White Pearl

 

hugo, nao vamos por ai, pois para mim ai vamos esta a falar de hibridos e nao de cruzamentos de variantes. sei que esta la o "cf"que deixa uma infima possibilidade de hipoteticamente os "pearl" e os heteropoda serem a mesma especie, mas por enquanto temos de nos mentalizar de que nao o sao e nao arriscar cruzamentos

Link to post
Share on other sites

Olá Carlos,

 

O apontamento do cruzamento dos red cherry com white pearl foi colocado para explicar a possível descência, nada mais.

 

Claro que por mim é sempre para lutar contra qualquer cruzamento.

Link to post
Share on other sites
Olá Carlos,

 

O apontamento do cruzamento dos red cherry com white pearl foi colocado para explicar a possível descência, nada mais.

 

Claro que por mim é sempre para lutar contra qualquer cruzamento.

 

 

mesmo entre variantes de heteropodas e entre variantes de cantonensis(crs)????

 

nao concordo que se lute contra, apenas acho que estes cruzamentos têm de ter o proposito de criaçao de novas linhagens e consequente reproduçao selectiva

Link to post
Share on other sites

Estamos a entrar em off-topic Carlos,

 

Só tenho uma coisa contra o cruzamente entre heteropoda ou cantonensis só por uma única razão, algumas pessoas....

 

 

Algumas pessoas não tem a minima preocupação em venderem camarões que podem cruzar entre si e co-habitam o mesmo espaço, sem sequer procederem ao seu aviso prévio.

 

Quando é feito de forma responsável e sem objectivo de venda/distribuição ou quando o seja com aviso prévio, não tenho qualquer problema.

Link to post
Share on other sites