Recommended Posts

Boas,

 

Tenho um filtro UV JBL 5W ligado a uma bomba que debita 120l/h, isto para um aquario de aproximadamente 60 litros plantado.

 

Neste momento tenho o filtro ligado durante 15horas (periodo em que as luzes estão apagadas).

Isto é muito, ou pouco tempo?

A melhor altura para o filtro estar ligado é durante o periodo nocturno?

 

Obrigado

Edited by Tiago.sales
Link to post
Share on other sites

ha muitas teorias, ha quem diga que nao faz mal 24 sobre 24, a mim disseram-me duma loja e coloquei a mesma questao, a pesoa percebe de aquariofilia

é o ajudante da loja do jorge oliveira, e ele explicou-me que é suficiente 1 vez por semana.

Se for todos os dias vai matar as bacterias todas,nao so as que estao na agua mas tb as do filtro.

Link to post
Share on other sites

Boas.

Segundo o fabricante do meu sistema UV, no manual diz que um aparelho de 5W, consegue tratar 250L, utilizando um fluxo máximo de 350L/H, trabalhando entre 2 a 10 horas por semana.

Opinião pessoal, penso que depois a regulação do tempo de utilização será feita segundo critério pessoal relativamente à necessidade de cada tanque (ex. numa epidemia de algas, certamente optaria por uma utilização constante do UV de modo a controla-la e após esse período, diminuiria o tempo de utilização do mesmo).

Relativamente às bactérias já li sobre essa questão, não sei bem qual a base do estudo, mas na minha opinião tenho umas certas duvidas sobre a mesma, visto as bactérias necessárias ao sistema se encontrarem fixas a substratos específicos e não em circulação pelo sistema de filtragem.

Link to post
Share on other sites

O meu está 24 horas por dia ligado, o filtro apenas mata (e mesmo assim não é 100%) as baterias que estão na coluna de água, posso garantir que não mata as do filtro senão já me tinham morrido os peixes todos.

O problema nos plantados é que dizem que o filtro uv anula o efeito dos fertilizantes, como no meu caso apenas tenho os peixes mais vidro não posso adiantar muito sobre este assunto.

Link to post
Share on other sites

Boas.

Eu tenho 1 plantado e faço fertilização diaria,por causa da duvida se o filtro uv anula os fertilizantes fertilizo o aqua de manhã e o filtro uv esta ligado da meia noite ás 7 da manhã como tenho contador bio horario aproveito e nunca tive problemas.

Abraço.

Link to post
Share on other sites

Boas

 

No meu caso tenho um aqua de 54L plantado e o filtro só funciona das 00:00 a 01:30 e penso que será mais que suficiente para prevenção desde que fassa um ciclo a dois ciclos completos, dá e sobra na minha opinião e depois para que ter o filtro uv a funcionar por longos periodos só em caso de boom de algas ou caso se note indicios doenças pois doutra forma só esta a desgastar a lampada....

Link to post
Share on other sites

Boas.

Também já ouvi essa questão dos fertilizantes, é também mais umas das teorias que não vejo comprovadas em estudo.

Do que tenho lido o UV a única coisa que faz é "destruir" o DNA dos organismos presentes na água através do seu baixo comprimento de onda, como não desencadeia qualquer tipo de reacção química a nível de compostos presentes na água, acho pouco provável a destruição de fertilizantes. Talvez possa funcionar como catalisador.

Relativamente à questão inicial apresentada neste tópico estive a falar agora mesmo com um amigo que trabalha numa ETAR que me deu a seguinte formula, para a utilização dos UV (Potencia x Tempo / Área (microwatts.segundo/cm2).

Um detalhe muito importante relativamente ao UV é a questão da filtragem, pois não pode haver partículas muito grandes em suspeição pois podem protegem os microrganismos de serem expostos a essa mesma radiação.

Edited by Netwolf
Link to post
Share on other sites

desculpa mas nao acredito, vai a loja do jorge oliveira e fala com o ajudante que ele costuma

la ter, agora nao o tenho visto por lá ,penso so ser aos sabados, e pergunta-lhe isso do uv e vais ver se ele

nao tediz o que eu te estou a dizer, o UV mata tb as bacterias do filtro.

Link to post
Share on other sites
desculpa mas nao acredito, vai a loja do jorge oliveira e fala com o ajudante que ele costuma

la ter, agora nao o tenho visto por lá ,penso so ser aos sabados, e pergunta-lhe isso do uv e vais ver se ele

nao tediz o que eu te estou a dizer, o UV mata tb as bacterias do filtro.

 

A luz UV mata as bactérias iguais às q estão no filtro. Logo se a luz UV não entra em contacto com a colónia de bactérias q se encontra no filtro não as pode matar.

É uma questão de lógica...

Link to post
Share on other sites

olha eu nao te posso explicar o que o ajudante do jorge oliveira me disse , mas na altura sei que teve logica o que ele disse.

Porque segundo ele dise tb eu pensava que era assim e ele explicou-me, que nao ,quem mata tb as do filtro, mas quem melhor que ele

para explicar, acho que o nome dele nao sei se e o dele mesmo ou o nome aqui no forum e qualquer coisa bentes ou jose bentes, nao tenho a certeza

sei que é militar, e percebe bue disso.

Link to post
Share on other sites

Boas.

 

É como disse na intervenção anterior, eu não conheço nenhum estudo que prove tal coisa, e não estou a afirmar que não seja verdade!!! Parece-me quanto a mim pouco lógico, visto que as bactérias que são benéficas ao sistema de filtragem se encontraram fixas a determinadas zonas de substrato muito especificas. Ou seja é possível dentro de um sistema de filtragem, consoante o o tipo de ambiente que se crie dar origem a colónias de bactérias diferentes dentro do mesmo sistema e elas não interagem umas com as outras, até porque se não iria haver competição entre elas pelo mesmo composto a decompor.

 

E sem me afastar muito da questão do UV, qualquer organismo que teoricamente passa pelo sistema de esterilização é "eliminado", se alguma bactéria benéfica ao sistema se libertar do substrato por algum motivo e entrar na circulação do sistema, pois é natural que morra, quanto mais horas o sistema tiver a trabalhar, maior a probabilidade de isso acontecer. Acho a meu ver, não se pode fazer deste critério um "dogma".

 

Volto a repetir, isto é uma opinião pessoal. Já li imensos "mitos" sobre a questão dos UV, desde matar bactérias benéficas, a eliminar efeitos de determinados compostos químicos, a tornar os peixes vulneráveis a doenças, acho que a única razão lógica para não se ter o sistema constantemente em funcionamento é só mesmo porque não há necessidade de tal acontecer, visto o aquário domestico ser um sistema fechado muito pequeno e que com uns dias de tratamento continuo de UV no inicio de modo a esterilizar o meio, e posteriormente umas horas por dia são o necessário para eliminar alguns microrganismos patogénicos que possam ter entrado no sistema, com isto poupa o tempo de vida útil da sua lâmpada e não gasta tanta energia.

Link to post
Share on other sites
  • 3 weeks later...
Este tópico tem mais de 6 meses de antiguidade... Se fizer sentido, por favor considere criar um novo tópico em vez de reactivar este. Obrigado!

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.