Classificação


Popular Content

Showing content with the highest reputation on 01/11/19 Em todas as areas

  1. 3 points
    Boas Hugo Porque insistes manter a água muito quente,como já te disse em cima,a água muito quente acelera o metabolismo dos peixes,e o tempo de vida fica mais curto para os peixes,além de que água muito quente não retêm tanto oxigênio na água,o que vai fazer com que os peixes subam ao cimo da água para a sim o obter o ar que não tem. Cumprimentos
  2. 3 points
    Boas malta, espero que tenham tido umas boas entradas neste ano. Por aqui algumas novidades, alterei a colocação do filtro da direita para a esquerda para poder ter maior visibilidade do lado direito que é o lado que vejo mais do sofá 😉 Tenho tido mais algas filamentosas verdes desde que aumentei o período de iluminação e com o enterro das pastilhas da Neo descurei um pouco a fertilização líquida, talvez isso tenha sido um erro! Adicionei uns pezinhos de rotala rotundifolia no canto esquerdo junto á green, a ver vamos como fica! Ah e adicionei um cardume de barbo cereja longfin, o betta não parece ter problemas com a sua nova vizinhança animada 🙂
  3. 2 points
    Não há duas sem três, Apresentação: Não estava na minha ideia montar tão rapidamente mais um aquário (fico com 3 de “aquascaping”, mais 2 de “selvajaria”). Mas a sorte… o destino… ou mais concretamente, a mão do Ivo que, no sorteio do workshop do mestre Filipe Oliveira, tirou o papel com o meu nome, assim o quiseram! Pois é, se me calhou em sorte atravessar a ponte com mais um aquário na bagagem, então não poderia deixá-lo sozinho e abandonado a ganhar pó… E assim nasceu o Margem Sul. Uma homenagem à terra, para mim praticamente desconhecida, onde teve início esta montagem. Como o Rookie e o Aurora me consomem bastante tempo, decidi fazer algo mais relaxado no Margem Sul, isto é, fazer tudo aquilo que me tem despertado bastante curiosidade, mas que ainda não tinha tido oportunidade de experimentar… Vai ser portanto um aquário laboratório… :) Entretanto, nas últimas semanas, li alguns tópicos neste fórum que me transmitiram a teoria que me permite ter a confiança suficiente para começar o meu primeiro “dry start”, bem como dar aquela pincelada nas rochas, com um delicioso iogurte musgoso. Vamos lá ver como corre este famoso “Método do iogurte”! Mas vamos ao que realmente interessa: 1 – Nome do aquário: Margem Sul 2 – Data de montagem: 11.01.2019 3 – Dimensões do aquário: 30x30x35 cm em vidro ultra transparente da Scalare. 3.1 – Volume bruto e útil: 31,5 L, prevejo um volume útil de aproximadamente 26,5 L. 3.2 – Móvel: Base de madeira preta que me saiu, no sorteio, em conjunto com o aquário. 4 – Equipamentos: 4.1 – Filtro: Ainda não pensei muito nisso. Deverá ser de mochila, mas lá para Março ou Abril, logo decido. 4.2 – Termostato: Tem tempo. 4.3 – Iluminação/Fotoperíodo: Twinstar light 300EA com um fotoperíodo de 12h durante o “dry start”, depois irei reduzir para 8h. 4.4 – Sistema de CO2: Terei que comprar mais um kit de CO2, mas também não é pressa. 5 – Substrato & Hardscape: 5.1 – Substrato: Foi o que me sobrou do Aurora, isto é ADA Amazónia e Tropica Aquarium soil powder. Não era para fazer caminhos nem nada do género, mas encontrei uma areão muito fino que me conquistou e lá tenho aquele caminho, que se espera orientador do olhar! :) 5.2 – Hardscape: Rocha: Dragon stone 6 – Fertilização: NEO tabs antes de plantar. Depois de ter água, logo pensarei que fertilização vou querer experimentar desta vez. 7 – Flora: Nas rochas Fissidens fontanus, já no substrato Hemianthus callitrichoides "cuba" com uns apontamentos de Eleocharis acicularis "mini". No plano de fundo, talvez coloque mais alguma planta, mas ainda tenho muitas dúvidas. 8 – Fauna: Camarões e não sei se mais alguma coisa… Deixo-vos aqui algumas fotos do layout que criei. Para além do “dry start” e do Método do iogurte, é a primeira vez que fiz um layout só com pedras… Inspirei-me nas grandes montanhas da Margem Sul :) Na última foto está uma sugestão de como o posso plantar… Como já é hábito nas minhas montagens, mais uma vez peço a opinião a quem de direito, sobre que plantas acham que poderiam ficar bem no plano de fundo… Ou se por acaso pensam que sem plantas era como ficava melhor. A minha ideia inicial era só ter mesmo o tapete de Cuba e o musgo nas rochas: Digam de vossa justiça... Nos próximos dias irá ter início o meu primeiro "dry start"! 😄
  4. 2 points
    Eu não uso purigen nem outras resinas excepto o carvão após tratamentos. Qualquer uma delas tem uma durabilidade eficiente muito curta e não compensa andar a regenerar ou trocar. Abro apenas o 1501 umas 3 X por ano para lavar esponjas e as cerâmicas se estiverem com muito "lodo" e já não se veja branco. No fx6 acontece 1x por ano ou menos. Os nitratos é o menos preocupante dos parâmetros. Acumularem 50ppm ou mais não há crise na maior parte das espécies embora com o meu regime de tpas raramente deixe subir acima de 20 ou 30ppm. Tens é de ter circulação e volume de filtragem (lts de cerâmicas e esponjas etc.) que garanta amónia e nitritos sempre a zero. Estes 2 filtros estão em 350lts úteis de água ou seja é mais que qb. e por isso um descanso. Enviado de meu Redmi Note 4 usando o Tapatalk
  5. 1 point
  6. 1 point
  7. 1 point
    Pedro é esse o espírito! E nós também estamos orgulhosos de ver e acompanhar o teu ainda curto percurso mas já promissor. Reconheço que já são precisas algumas capacidades para estar à altura de um desafio desta envergadura, tu não te acanhaste e o resultado está à vista! É muito importante esta partilha de informação, não só para ti como Rookie Major mas também por todos os rookies que andam aqui pelo fórum numa busca de solução para os seus problemas! Keep your sleeves wet! Com uma mão seguras o tronco e com a outra escovas vigorosamente como se não houvesse amanhã. Vasa um pouco da água do aquário, senão terás de fazer um turno a mais por causa da limpeza pós manutenção do aquário! Força nisso!
  8. 1 point
    Digamos que "à séria" é só até o aquário ter água. A partir daí é um "valha-me Deus" constante... Mas como ouvi em tempos, que na Margem Sul não há nada, pensei que se nada existe, então o humor também seria de evitar... Mas vou meditar sobre a minha decisão!!! Como se diz no meu dialecto da linha de Sintra: Xé mano, sente a situação, tive que colocar a areia pra ver se dava aquela pausa no cenário... Como tá bem pausado, das duas uma: ou tiro-a grão a grão, como penitência pelas calorias extra que ingeri durante o ano transacto... ou deixo-a ficar, e como é já um "areão bonsai", é esperar que o limedo não se interesse por ele... será isso possível? Confesso que para mim a Margem Sul é uma zona que não domino de todo, mas a Moita não é lá que se situa? Se não estou errado, como podes dizer que não faz sentido colocar uma moita na Margem Sul? Se fosse uma Coina lá atrás já fazia sentido?????? 😮 Cuidado com este tipo de comentário discriminatório com laivos xenófobos, que poderá incendiar as redes sociais... Muito cuidado!!!
  9. 1 point
    E não é que o Rookie do nada começou a fazer aquascaping á séria??? Infelizmente com o aumento de qualidade nas montagens perdeu-se um pouco daquele humor corrosivo que nos arrancava gargalhadas!!! 😵 Não devias ter colocado já a areia... Devias ter esperado pelo final do drystart. Eu acho que não faz sentido colocar uma moita atrás, vai retirar a escala das pedras...
  10. 1 point
    Desde novembro que não é actualizado. Que vergonha. Bem este aqua correu bem excepto no tapete. Desde as férias que está acastanhado (acho que foi excesso de fertilização de quem ficou a tomar conta dele) e desde aí nunca mais consegui recuperar decentemente a Glosso. Também detecto o problema de falta de luz, porque o tapete cresce muito em altura, que faz com que as folhas de baixo não recebam a luz necessária. A semana passada fiz uma poda bem rasteira (já é a terceira) na tentativa de estar apresentável para a Pet, se não funcionar vou ter de tirar o tapete e meter areia. Abraço (mai logo boto foto)
  11. 1 point
    Bom dia @KukoPT Normalmente o biofilme que podemos observar na superfície dos nossos aquários é o resultado das proteínas libertadas pela massa vegetal e também da matéria em decomposição no ecossistema. Não creio que a luz tenha um resultado tão imediato na resolução desse problema, a longo prazo sim pois estás a inibir as plantas de absorver tanta luz e acabas por lhes reduzir o metabolismo, como resultado da menor absorção também trará menos libertação de proteína. O importante é encontrar o ponto de equilíbrio, talvez esses 5 cm tenham feito muita diferença e podes vir a ter problemas de crescimento das plantas a longo prazo. Há certos elementos que ao alterarmos no ecossistema, principalmente luz, co2 e filtragem, só irão surtir efeito algumas semanas após a mudança. A Natureza tem o seu ritmo e não podemos transformar isso. Para uma resolução mais direta desse problema eu apostava antes numa melhor "oxigenação" da água do aquário, e não precisas de ligar uma bomba de ar para o fazeres (depende da dimensão do problema), basta levantar o outflow do filtro para que ele provoque uma maior agitação de superfície e assim facilita, e muito, as trocas gasosas do ecossistema. Abraço

Tempo de vida do fórum


Data de criação do fórum: March 16, 2003 00:00:00