• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • >>> Anúncios da Comunidade <<<

    • João Branquinho

      Mensagem para Visitantes   15-04-2017

      Estimado visitante, antes de mais, muito obrigado pelo seu interesse na comunidade Aquariofilia.Net! Esperamos que esteja a gostar do conteúdo que temos no fórum. Dado que não é ainda um membro registado da nossa comunidade, não sabe que está a perder muitas outras funcionalidades e informações disponíveis apenas a membros! Do que está à espera para se juntar a nós? É só fazer clique no canto superior direito e pode inclusivamente usar as redes sociais para agilizar o processo de registo. Obrigado!
Jose Lavado

Projecto de lago

23 posts neste tópico

Boa tarde a todos.

Como coloquei na apresentação, estou a construir um lago (ou tanque se preferirem) que terá uma cascata. A plataforma que está na foto, é a base para a cascata. A parte mais funda terá cerca 1,55m, e a menos funda 60cm.

Para este projecto tenho seguido muitos dos conselhos que li nos vários sites e fóruns, nomeadamente a berma do lago em U para ter aí algumas plantas palustres e marginais (embora ainda vá ter mais espaço junto a berma do lago), profundidade e espaço.

Gostaria de não utilizar filtros artificiais (embora esta construção esteja já preparada para tal), utilizando apenas plantas para oxigenar e filtrar a água. E gostaria de habitar o lago com peixes (de preferência Kois) e rãs.

Não percebendo nada desta área, nem nunca tive um aquário sequer, gostaria de auxilio. Já li que devo encher em 3 fases e ir colocando as plantas com estas fases, mas e esta água deve ser tratada? com o quê? e como controlo por exemplo o ph ou outros necessários parâmetros?

E uma grande dúvida é quais as plantas a comprar (quais as suas funções), e que quantidade? Em São Miguel, onde posso adquirir estas?

Agradeço qualquer conselho que me possam dar, para tentar dar um bom lar a estes bichitos.

Junto anexo a foto de como está o projecto neste momento

IMG_20170419_180918.jpg

2

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Boas

Bem vindo ao mundo da aquariofilia/lagofilia  e parabéns pela iniciativa 

Tem de analisar a água(em qualquer loja de animais tem testes de ph...) 

Consoante os resultados podes ver quais as espécies mais adequadas

Em relação às plantas, (eu não tenho carpas) pelo que li e já vi as poucas plantas que se conseguem manter com as carpas são os nenúfares

Elodeas são excelentes oxigenadoras 

As vallisnerias também contribuem

Em relação à quantidade: devem cobrir o fundo todo

Plantas flutuantes: nenúfares, pé de água  (eichhornia)' e lemna (pelo que sei estas 3 para além de fazerem sombra consomem vários nutrientes que colocam a água verde) 

Na minha experiência as plantas são uma boa opção, mas a cima de tudo para manter a água cristalina sem recorrer à lâmpada uv o lago tem de apanhar muito pouco sol

Coloque mais fotos

0

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Boas. Muito obrigado pela resposta. Também pensei em Lótus, mas irei estudar o para que servem e como manter.

Para a análise de água interessa principalmente o ph? ou será melhor ver mais/outros parâmetros? e posso "maipular" o ph e/outros parâmetros?

Em relação às oxigenadoras, que devem cobrir o fundo todo questiono, que substracto devo usar? em vasos ou mesmo sobre a tela? e que quantidade (altura) devo usar e assim por a bomba para a cascata já com uma altura adequada?

Inicialmente o lago vai apanhar algum sol (até às 17h00) mas tenciono por 1 ou 2 árvores, embora de pequeno porte, que irão dar mais alguma sombra.

Além de carpas que outros peixes poderei considerar?

Conforme a evolução colocarei algumas fotos aqui, também eu estou espectante com o resultado :-D

Editado por Jose Lavado
0

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Olá José Lavado,

Quanto aos peixes, apesar de estares nos Açores, julgo que podes adoptar os peixes deste tópico:

0

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Boas. Obrigado pelas dicas. Não consigo é ver as imagens! Qual a configuração que falta fazer?

Posso por achigãs no lago?!! Espectaculo... e num lago desta dimensão quantos? Não irei ter um "problema" como os kois de comerem a vegetação aquatica? Onde arranjo Achigãs?

Obrigado

0

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Boas José,

Em primeiro lugar não mistures rãs com peixes, pois não se dão. Os peixes comem os girinos e colocarás as rãs sob grande stress. Essa solução só é viável se tiveres excelentes esconderijos e abrigos. 

Plantas:

-  Para as oxigenadoras é melhor colocares em vasos em rede próprios para plantas aquáticas para garantir que não se tornarão invasivas. Além do mais é muito mais facil se precisares de as remover ou fazer manutenção. Usa Elodeas, Egeria Densa, Myriophylum, Hippuris vulgaris etc. Também podes usar Valllisneria Gigantea pois da-se em água fria. 

- Os nenufares obviamente não podem faltar. Lotus é dificil de os conseguires fazer crescer bem devido às temperaturas cá em Portugal, mas como estás nos açores creio que deves conseguir! Manda vir umas sementes pela net (consegues a 5 centimos cada) e experimenta germiná-los.

- Plantas marginais há muita variedade. Depende do dinheiro que queiras gastar e do efeito pretendido. Nas secções de aromáticas dos hipermercados encontra-se atualmente muito Poejo, Mentha Aquatica, Mentha Cervina, Rumex Sanguinea (Erva amarga) etc. Tudo plantas marginais por 1€ e pouco. O Poejo cresce num instante como se fosse um arbusto. Depois tens as campestres: Myosotis, Caltha Palustris, Typha, Lírios de água (iris pseudacorus), Jarros, Juncus (Efusus e Efusus spirallis), Ranunculos, Alho social, Junquilhos (Zephyrantes Candida)... Creio que num parque qualquer ou numa ribeira encontres isso tudo.

Para um efeito mais cuidado tens a Thalia Dealbata, Pontederia Cordata, Papiros (muitas varidades),a Estrelícia de Água, o Equisetum (Japonicum e Hyemale), a Planta Fibra Óptica (Scirpus cernuus), Iris Laevigata. Estas são apenas algumas das que resistem bem ao Inverno em Portugal Continental, é provavel que tenhas muito mais variedade nos Açores. Penso que as marginais conseguem sobreviver às tentativas dos Kois em comerem-nas.

- Em relação às flutuantes a oferta é mais limitada, pois quer os Jacintos de Água quer a Alface de Água ((P i s t i a) Espécie inserida no DL 565/99. Lista de espécies cuja venda é proibida em Portugal stratiotes) são "ilegais" de se possuir ou vender em Portugal, apesar de serem muito uteis. Tens a Salvinia Natans (Feto flutuante) que já vi venderem no Continente ou a Lemna Minor que são lentilhas de água e são um bom alimento para os peixes. 

Outra coisa, não coloques nenhuma árvore diretamente por cima do lago pois as folhas/flores são a pior coisa que pode acontecer quando caem aos montes lá dentro... Se precisares de mais conselhos relativamente às plantas diz.

Um bom equilibrio de plantas vai com toda a certeza garantir que não precisas de filtros artificiais.

Editado por VVolf
1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Publicado: (editado)

Bom dia.

" não mistures rãs com peixes"..."Essa solução só é viável se tiveres excelentes esconderijos e abrigos." Obrigado. Tinha pensado nisso e já está a ser implementado (ainda em projecto) os vários esconderijos e zonas costeiras com bastante água mas sem profundidade para os peixes. Os peixes comerem os girinos, nesta solução espero que não comam alguns mas ainda assim controlem um crecimento descontrolado da população de rãs.

Estava e estou muito inclinado para colocar as oxigenadoras, nos fundos, em vasos. Bastantes mas em vasos, parece-me ser uma solução que permite controlar o seu excessivo crescimento e facilitar alguma necessária manutenção/poda. Comprei manta geotérmica para proteger o substracto dos vasos e colocarei algumas pedras também para os peixes não andarem muito nesse substrato.

Quanto a plantas, aqui no fórum tem uma secção de patrocinadore e classificados, pela vossa expriência conseguirei encontrar por aí as oxigenadoras (penso em Elodeas e 1 ou 2 Valllisneria Gigantea). O envio por avião é complicado para estas plantas?

Poejo não sabia que seria bom para marginais, agora que sei vou usar e abusar (gosto muito do aroma e é óptimo para chá) e talvez a menta.

Um amigo plantou-me a planta abaixo, chama-lhe "guias" e diz que "também se dá na água". Parece-me um papiro mas alguém pode identificar?

" não coloques nenhuma árvore diretamente por cima do lago pois as folhas/flores são a pior coisa que pode acontecer quando caem aos montes lá dentro " Também tinha pensado assim. As árvores (estou a pensar numa Lúcia-Lima e numa Limeira) são de pequeno porte e vão ficar a cerca de 5m do lago, e como o Sol não é muito na vertical, ficam a tapar um pouco da luz do Sol.

Muito obrigado pelos conselhos.

Editado por Jose Lavado
má ortografia
0

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Como esperam que Elodeas e Vallisnerias se tornem invasivas com karpas num lago? Totalmente impossível, no meu caso , e sem saber, tenho uma grass carp que veio na compras de uns peixes dourados normais, mal eu sabia que tinha um comedor de ervas aquáticas no tanque e que ficasse um autentico monstro pelo seu tamanho  (40cm).

0

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

boas.  as carpas koi arrancam as maioria das plantas .  os nenúfares como regeneram rápido vão escapando.  as tabúas(ver) de rio tambem não tem qualquer problema.  basicamenete tudo o que forem plantas fortes como é o caso de plantas de agua com correntes ou com raízes fortes. 

Tenho rãns nos lagos onde tenho kois e até aparecem algumas dos lagos dos vizinhos. Mas são lagos ao nível da terra . Nesse tanque vão saltar para fora e não conseguem regressar!

eu optava por peixes vermelhos (dos vulgares vendidos para  aquário). Primeiro porque podes por mais e exigem menos do filtro e depois porque crescem e estragam menos por não terem o tamanho para isso. Uma koi chega a meio metro ao fim de 2 ou 3 anos e depois parece uma maquina de arrasto para plantas :P

Esquece o lago sem filtro. ja fiz 3 todos diferentes e nenhum se mantem no sol do Algarve sem filtro e com kois como eu tenho. só se colocares muitas plantas como o pessoal falou aí em cima e pouquíssimos peixes!

0

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Publicado: (editado)

Boa noite, 
pela minha experiência os melhores sítios para adquirir plantas para lagos em Portugal é nos hortos ou então no OLX. Algumas lojas vendem-nas, mas os preços são exorbitantes. Já vi plantas campestres a serem vendidas a 5€ ou nenufares a 20€.
Comprei 2 vallisnerias giganteas pelo OLX e chegou em menos de 24 horas num envelope de correio azul, tudo em condições. Os nenufares mandaram me num pacote de sumo e também chegaram intactos pelos ctt.

Quanto à questão das rãs, há a questão da legislação, se estiveres a falar da rã verde ou de qualquer espécie autoctone é ilegal capturar ou comprar. Tenho algumas que habitam os meus lagos mas são selvagens. Da experiencia que tenho é muito dificil mantê-las. Não comem nenhum alimento que não mexa, são tímidas, e da noite pro dia são capazes de fugir de um lago e aparecerem 1 semana depois noutro.

E depois todo o cuidado que tiveres com o habitat das rãs pode ser infrutifero uma vez que os critérios que elas utilizam para selecionar um bom lago não são iguais aos teus. Por exemplo as rãs costumam abandonar lagos que tenham tritões ou peixes, por instinto, pois estes animais comem-lhes a descendencia. A menos que coloques uma vedação para as impedir de sair caso não gostem do teu lago (o que eu considero cruel), terás dificuldade em mantê-las viavelmente. Tem também em conta que as rãs cometem canibalismo, portanto não basta uma zona de esconderijo comum a rãs adultas e jovens. Têm mesmo que ser muitas zonas, onde os peixes não possam sequer sonhar em entrar, e que permitam que elas se escondam umas das outras inclusive.

O Poejo é das marginais que se desenvolve melhor e adora água. Em 2 meses fica com o dobro do tamanho e cria imensas raízes submersas. No entanto e isto é algo que ainda não confirmei se é verdade, dizem que é repelente de insetos.
 Eu vejo bastantes insetos no poejo que tenho mas se isso for verdade pode afetar a quantidade de alimento das rãs, assumindo que comem insetos selvagens.

Essa imagem que colocaste não está a aparecer...

Editado por VVolf
mais informação
1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Publicado: (editado)

On 2017-5-21 at 00:04, VVolf disse:

Por exemplo as rãs costumam abandonar lagos que tenham tritões ou peixes, por instinto, pois estes animais comem-lhes a 

O Poejo é das marginais que se desenvolve melhor e adora água.

boa!  não sabia disto!

Vou arranjar uns poejos a ver se se safam as kois. Normalmente os peixes comem tudo . o próximo lago que tiver não vou por kois. 

quanto as rãns ,é verdade que quando esta tempo muito humido ou de chuva ,  se vão embora , Já tenho visto as minhas a 50m do lago e quando o tempo está seco voltam.   em  5 ha 2 ou 3 que voltam sempre,desde pequenas. 

Editado por tmaster
0

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
há 6 horas, tmaster disse:

quanto as rãns ,é verdade que quando esta tempo muito humido ou de chuva ,  se vão embora , Já tenho visto as minhas a 50m do lago e quando o tempo está seco voltam.   em  5 ha 2 ou 3 que voltam sempre,desde pequenas. 

Já tive rãs que me subiram escadas de 20 degraus que tenho no quintal, só para mudar de um lago para o tanque que fica no socalco mais a cima. 

há 6 horas, tmaster disse:

Vou arranjar uns poejos a ver se se safam as kois. Normalmente os peixes comem tudo . o próximo lago que tiver não vou por kois. 

Eu não tenho peixes, mas se há planta marginal que resista a essa devastação acho que é o poejo devido ao seu rápido crescimento. É também um ótimo filtro natural porque cria umas raízes enormes.

Este é um poejo que plantei em Dezembro de 2016 (1,30€ no pingo doce):

qIvRsdB.jpg

Isto são as raízes aquáticas de um poejo que mudei de lago (com 2 meses):

SoTXC0H.jpg

cQpULNy.jpg

Relembro que estas raízes são poder de filtragem puro dos nutrientes e é isto que proporciona o crescimento rápido da planta.

1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Caros Foristas,

Como estive fora e a password "foi-se" não tenho respondido. A ideia de poejo para planta marginal vou adoptar. Só conheço o poejo já preparado para chá ou aromática para a comida, mas pela foto as raizes "saem da terra" e vão á procura da água? se assi for tenho local ideal para tal e espero ter bastantes. O peixes, gostei da ideia do forista TTMaster " eu optava por peixes vermelhos (dos vulgares vendidos para  aquário) ", só questiono qual o tamanho que estes peixes podem atingir e qual o nome que têem para se poder comprar?

0

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Agradeço-vos a todos estes conselhos.

Vou pesquisar como por fotos novas da actualização deste projecto

0

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Como está neste momento. Ainda faltam alguns acabamentos

1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Boas José,

Isso está mesmo porreiro, só uma questão, vais colocar alguma iluminação dentro do lago?

Tenho visto alguns com iluminação interior e fica mesmo brutal ;)

Parabéns pelo projecto e partilha!

Cumps,

0

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
há 4 horas, Jose Lavado disse:

A ideia de poejo para planta marginal vou adoptar. Só conheço o poejo já preparado para chá ou aromática para a comida, mas pela foto as raizes "saem da terra" e vão á procura da água? se assi for tenho local ideal para tal e espero ter bastantes. 

Olá José, as raízes começam a formar-se ao longo dos caules que estão mergulhados em água. Penso que basta um pé da planta, que este enraíza desde que esteja em água.

0

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Publicado: (editado)

Caro Miguel Simões, sim vou por iluminação no lago. 3 holofotes, 2 de pouca potência para pôr nos "gavetões" e 1 um pouco mais forte para iluminar a cascata de frente. E mais 2 de fora para iluminar a cascata...Tudo a seu tempo que isto tem algum custo...

Caro VVolf, obrigado pela informação do Poejo. estou a pensar colocar na berma do lago/tanque e também algum agrião. Quanto às rãns, espero que não fujam, mas se assim for...estão no seu direito. Deixei um espaço de cerca de 10cm na plataforma por trás da cascata a pensar na sua proteção, vou colocar vários esconderijos dentro e fora de água, e spero que se mantenham. Só espero que a minha cadela e gatos não as achem um "petisco"...

Ah, e atenção que o chão vai subir... A altura exterior do tanque (chão-margem) será cerca de 60cm...

Como coloquei num post acima, mas a imagem parece-me que não está visível, coloco-a na galeria " Um amigo plantou-me a planta abaixo, chama-lhe "guias" e diz que "também se dá na água". Parece-me um papiro mas alguém pode identificar? "

Editado por Jose Lavado
actualização galeria
0

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
On 2017-5-30 at 15:54, Jose Lavado disse:

Como coloquei num post acima, mas a imagem parece-me que não está visível, coloco-a na galeria " Um amigo plantou-me a planta abaixo, chama-lhe "guias" e diz que "também se dá na água". Parece-me um papiro mas alguém pode identificar? "

×
large.592c42c198553_2017-05-2915_21_56.j
large.592d86f59b12e_2017-05-0410_53_43.j
1 / 2
 
 
 
 
 
large.592d86f59b12e_2017-05-0410_53_43.j
large.592c42c198553_2017-05-2915_21_56.j
 
 

Bem, é claramente uma espécie de papiro. Tenho a certeza que é do genero Cyperus, o que significa que se dá mergulhado em água ou como marginal.

Mas não me parece ser o papiro comum (Cyperus papyrus) nem o Cyperus Alternifolius. 

1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Caro VVolf

Eu também o achei muito semelhante a um papiro (mas desconheço as diversas espécies). Nesse caso (e a ideia era esta), posso colocá-lo num vaso, dentro do tanque, num dos degraus, em que as superficie do vaso esteja muito próxima da superficie da água? basicamente palustre mas dentro do lago... protegendo as raizes e o substrato com manta geotérmica?

0

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

O nome científico é Cyperus textilis

Tenho essa planta em casa na '' terra'' e dentro do lago, já a tive a várias profundidades e onde mais se desenvolveu foi com pouca profundidade, com o (substrato)  entre 5 a 10 centímetros do nível  de água 

2

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Caro edi_mod

Obrigado. Queria colocar uns 3 no mesmo vaso com aproximadamente essa "profundidade". Como vi no jardim Éden no Bombarral (tendo em conta as inúmeras diferenças...). Fico muito mais satisfeito. Obrigado a quem me identificou esta planta, pois realmente queria colocar no lago, e assim já poupei qualquer coisa (trabalho e €).

Cumprimentos a todos

0

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Como está o projeto?

0

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais