• >>> Anúncios da Comunidade <<<

    • João Branquinho

      Mensagem para Visitantes   15-04-2017

      Estimado visitante, antes de mais, muito obrigado pelo seu interesse na comunidade Aquariofilia.Net! Esperamos que esteja a gostar do conteúdo que temos no fórum. Dado que não é ainda um membro registado da nossa comunidade, não sabe que está a perder muitas outras funcionalidades e informações disponíveis apenas a membros! Do que está à espera para se juntar a nós? É só fazer clique no canto superior direito e pode inclusivamente usar as redes sociais para agilizar o processo de registo. Obrigado!

ismael_figueira

.Membro
  • #Conteúdo

    308
  • Registado Em

  • Última Visita

  • Days Won

    9
  • País

    Portugal

ismael_figueira last won the day on Agosto 20

ismael_figueira had the most liked content!

Reputação

140 :)

Sobre ismael_figueira

  • Rank
    Hiper Membro Júnior
  • Aniversário 12-11-1987

Formas de Contacto

  • Mail
    ismael_figueira@hotmail.com

Informação de Perfil

  • Sexo
    Masculino
  • País
    Portugal
  • Concelho
    Lourinhã (Lisboa)
  • Localização
    Lourinhã

Quem visitou o meu perfil

372 visitas ao perfil
  1. 山 Yama

    Gonçalo, mais 10 dias e está na altura de um vídeo comemorativo dos 200 dias! Calha suspensa fica top, tanto esteticamente como para efeitos práticos. Já os lily pipes... são gostos... Grande abraço Cumprimentos Ismael Figueira From Tapatalk
  2. 'Rainforest Reborn'

    Bom dia amigos, É de facto um factor de motivação, notar que ainda estamos a manter a actividade num registo pessoal em que toda a comunidade pode participar, aconselhar e aprender. Obrigado pelas tuas palavras Tozé, os problemas estão assinalados sim, tenho de pegar em todos os elementos e ajustar de forma a obter o equilíbrio. Quantos ás calhas ando a ver a viabilidade de suspender ou então arranjar uns suportes que me permitam levantar mais as calhas. O filtro é certo e sabido que é curto, não sei se vou conseguir financiam€nto para um novo, já estive a avaliar os modelos disponíveis no mercado e o que me parece com melhor relação qualidade/robustez/preço é o Eheim 1200XL. No que diz respeito ao substrato, só ainda não dei reforço por estar na eminência da desmontagem do aquário e por estar a tentar compensar na fert na coluna de água. Quanto a closeups, só não meti aqui ainda por não querer transformar este tópico num filme de terror... Depois não digam que eu não avisei... Sim Luis não discordo que aquando da introdução da segunda calha as coisas se agravaram um bom bocado.. Tenho seguido sempre o mesmo plano de fertilização desde que comecei com a "EI" e neste momento creio que este detalhe esteja equilibrado. Vou mesmo começar a fazer TPA a "meio" semana, talvez assim consiga neutralizar alguma coisa. Tal como já disse mais acima não é a minha ambição ter um aquário sem algas mas sim equilibrado, as algas fazem parte do ecossistema é perfeitamente natural a sua presença. Eu bem que tento manter as japónicas lá dentro mas os escalares não permitem que estas façam o seu trabalho descansadas... os SAE gostam de andar a comer plantas em vez de algas... Abraço
  3. 山 Yama

    Gonçalo, pode não estar ainda no ponto para o que pretendes, mas tens tudo para que corra bem! Esse aquário tem um grande potencial e precisa de maturar para atingir o exponente máximo, ainda agora começou por isso tem calma. A paciência neste hoobie é uma grande virtude nunca te esqueças disso. Abraço Cumprimentos Ismael Figueira From Tapatalk
  4. 'Rainforest Reborn'

    Paulo, De tudo o que disseste atrás nada tenho a retirar nem a acrescentar. Já está mais que falado e debatido, ficam as experiências de cada um. Este mundo da aquariofilia é fascinante e por isso vamos lá aproveitar o melhor que este hobbie tem para nos dar. Deixa-me somente responder a isto, Quando fui aconselhado a usar o Step 3 continuei com o plano anterior, Specialized + K7 da équo. As doses tinham de ser grandes claro, pois com a diluição que estes fertilizantes trazem não se fazem milagres... As algas neste momento estão em retrocesso mas não desapareceram por completo, por isso o problema ainda está lá só que mais controlado... Acho que o filtro DIY veio ajudar alguma coisa no equilibrio do ecossistema. Algumas coisas tem de ser alteradas na próxima montagem, montagem esta que está a tardar mas não falta. Abraço
  5. 'Rainforest Reborn'

    Bem companheiros, Vamos lá por partes... Realmente só tenho o substrato Terranera da Équo, sem qualquer substrato fértil por baixo. Tenho plantas que consomem bastante, rotala rotundifolia e a hippuridoides, e se não fertilizar na coluna de água não há lá nada debaixo que me ajude nesse sentido. Este substrato já tem ano e meio e deve estar completamente esgotado. Outro pormenor, desde que retirei a valisneria, notei mais desenvolvimento nas restantes plantas, o que quer dizer que esta estava a consumir tudo o que havia disponível e pouco restava para as outras plantas. Mais ainda quando comecei com a fertilização DIY, pude verificar um desequilibro enorme no aquário. Algo que já estaria à espera que acontecesse, pois as plantas estavam fracas e acredito que sem capacidade para tanta disponibilidade de nutrientes. Tal como em qualquer ser vivo as plantas precisam de adaptação a novas condições, e aqui a nova condição foi serem forçadas a "comer" mais! Quanto aos fertilizantes Tropica são all-in-one e desta forma estão preparados para ser aplicados em conjunto com qualquer tipo de substrato (desde que tenha uma boa cama). Ora seja em doses reduzidas como doses maiores para compensar ambientes mais pobres, pelo menos é esta conclusão a que eu chego. No entanto no pico de utilização do Specialized sei que sensivelmente em duas semanas consegui despejar um frasco de 300ml no aquário e os resultados foi o que se pode ver... quero com isto dizer que a longo prazo a viabilidade deste tipo de fertilizantes é reduzida se quisermos manter um aquário densamente plantado sem que tenha algo por baixo a compensar. Abraço
  6. 山 Yama

    Gonçalo, Tenta controlar essas amigas o quanto antes, são uma grande dor de cabeça.. E tem atenção que elas não apareceram assim do nada, pode haver já algum desequilibro que venha de trás e só agora com o excesso de luz se tenha evidenciado. Acho que a solução passa mesmo por levantar a calha, tem isso em consideração pois estás com um fotoperiodo de 6h e ao levantares a calha podes sempre aumentar também o fotoperioddo. Abraço
  7. 山 Yama

    Gonçalo, Realmente os lily pipes são coisas sensíveis que requerem muito cuidado no seu manuseamento! Ainda não tive essa infelicidade, mas acho que não trocaria por lily pipes em inox pela simples razão que os lily pipes em vidro fazem circulação de forma diferente dos de inox. Com os lily's de inox tu tens um maior jato que é projetado em frente e tens mais circulação à superfície do que em baixo, enquanto que com os lily's de vidro tens uma circulação mais homogénea por todo o aquário . P.S. Tens de arranjar um entretém para o gato... Abraço
  8. 'Rainforest Reborn'

    Bom dia Gonçalo, Estas calhas são realmente um abuso de luz, já ando a avaliar a hipótese de as suspender! Já que estas calhas não trazem controlador, temos de arranjar alternativas para reduzir a a intensidade luminosa que incide no aquário e com as calhas suspensas temos margem para correção. Para quem acompanha as montagens do Rui e do Miguel, já pode ver que optam por suspender as calhas principalmente quando se trata de aquários maiores e com 2 linhas. Já o Luis Cardoso tomou a mesma decisão no aquário de 120. Portanto será esta a melhor opção em termos de flexibilidade. Em termos estéticos e práticos também me parece a melhor opção, quando andamos na limpeza semanal o facto de termos as calhas apoiadas em cima do aquário atrapalha um pouco... Esse quadro do Tiago refere-se aos teste feitos às MasWas, as FTB mandam ainda mais luz... Lá está os sistemas de substratos estão projectados para funcionar em conjunto e só assim são apostas de sucesso, não adianta eu andar a mandar bombadas de brighty k para dentro do aquário se realmente eu não tiver o sistema de substratos da ADA lá dentro. Abraço
  9. 'Rainforest Reborn'

    Boa noite Vera, Até eu tenho de tirar um bom bocado para assimilar toda a informação
  10. 'Rainforest Reborn'

    Boa noite companheiros, Acima de tudo tenho de me debruçar bem sobre este tema, estudar e aprofundar conhecimentos! Este assunto dá sempre que falar e eu não consigo ter voto na matéria, nem ter grandes fundamentos onde me apoiar. Paulo, Já utilizei os fertilizantes da Tropica, desde de fertilizar por baixo ou em excesso e num aquário de 300L estas brincadeiras tem o seu custo.. Por experiência própria, vi que era muito complicado conseguir acertar com as doses e não estava a obter resultados minimamente aceitáveis (no meio disto tudo ainda ponho as culpas no filtro...). Portanto vi na EI uma fuga mais económica no caminho para o sucesso, para além de que vi viabilidade da flexibilidade deste método de fertilização! No entanto limitei-me a utilizar uma calculadora sem ter grande conhecimento dos prós e contras que este tipo de fertilização me traria. Posso afirmar tal como já tinha dito anteriormente, que só assim encontrei algum equilíbrio e só assim comecei a observar bons crescimentos da flora. Esporadicamente vou fazendo alguns testes aos parâmetros para ver se há grandes oscilações, mas maioritariamente cinjo-me a ir pela observação do comportamento das plantas. Nem tudo o que vamos encontrando são verdades adquiridas e todas as teorias estão sujeitas a evoluções, como tal acredito que o método EI puro e duro esteja a sofrer "mutações" da fórmula original, pois cada aquário tem o seu próprio ecossistema estabelecido e tenha de ser feita adaptação a esse mesmo ecossistema. Não desvalorizo de forma alguma a tua teoria, pois se tens ótimos resultados com ela então isso só prova que é um bom caminho, mas lá está, nem todos conseguimos ir pelo mesmo caminho por forma de adaptação. Obrigado pelos links, irei consultar com toda a certeza. Gonçalo, Tal como já disse em cima, creio que o método EI na generalidade está a ser aplicado de forma a corresponder ás necessidades da flora e a evitar grandes excessos. O Estimative Index foi na verdade criado para que nada faltasse à flora presente no aquário, mas será precisa tanta margem? Quanto ao purigen vou mesmo analisar essa hipótese, sei que ajuda a "purificar" a água mas tenho de ler bem sobre o assunto... Creio ter lido algures que a malta dos reefs o utiliza mesmo com o intuito de remover nitratos e fosfatos... Meus senhores estamos aqui para partilhar experiências e mostrar o ponto de vista de cada um, e como já referi em cima nem todos conseguimos seguir o mesmo caminho. Quero com isto contribuir para que todos tenhamos partilha de conhecimento saudável, de forma que seja construtivo para todos os que por aqui passam. Grande abraço
  11. 'Rainforest Reborn'

    Boa noite companheiros, Álvaro, concordo plenamente que devemos mexer o menos possível, justamente o essencial para manter toda a biologia e para que o impacto seja somente o necessário. Já aprendi isto com o tempo e com experiência própria, tal como disse anteriormente eu não ando em busca da perfeição mas sim do equilíbrio e isto será a base para todos nós. Paulo, Sem tirar nem pôr, é exactamente sobre os elementos inertes que incide a nossa maior intervenção, e ainda assim temos alguns "amigos" que nos vão dando uma ajuda na limpeza. Muito se lê pela internet, temos de filtrar bem a informação e se possível fazer as nossas experiências e daí tirarmos a nossas próprias conclusões. Obviamente que todos os organismos tem um ciclo de vida e claro está estes durante o seu ciclo de vida reproduzem-se, portanto em condições ideais o ciclo nunca acaba. Essa história das algas verdes aconteceu com um (não saberemos se é verdade), e por isso já passa por ser uma solução generalizada como tantos outro mitos que por aí vamos lendo nesta internet que acompanha a cada dia. Agradeço as tuas palavras de força, tenho feito o que está ao meu alcance para atingir algum sucesso e não podia estar mais satisfeito. Relativamente ao método EI que estou a usar, só assim consegui chegar a algum equilibrio no aquário bem como nos gastos com fertilização. O simples facto de poder disponibilizar os nutrientes conformes as necessidades das plantas é a meu ver uma grande mais valia. Note-se que estou a dar N, P, K e Mg em soluções separadas. Respondendo ás tuas perguntas... 1º Já utilizei o Specialized durante bastante tempo, MAS sempre com o K7 da équo a acompanhar! Como é possível ler algures no tópico, nunca atinei bem com as doses e quando comecei a aumentar foi o descalabro... 2º Nunca utilizei Purigen mas já li acerca dos benefícios que poderá trazer no equilíbrio biológico do aquário, é um produto que não está de todo descartado quando tiver oportunidade de investir num filtro com mais espaço/capacidade. 3º Sim faço sinfonagem de forma mais intensa na parte de trás (de vez em quando), além do mais todas as semanas aspiro ao de leve na parte frontal só para retirar os detritos maiores. Grande Abraço
  12. 'Rainforest Reborn'

    Boa noite, Sinceramente há aqui algo de estranho, as algas estão a começar a regredir e eu não fiz absolutamente nada a não ser a habitual TPA e remoção manual das que me era possível! No entanto deparei-me com fenómeno para mim no mínimo intrigante... Não sei se já aconteceu a alguns de vós, mas durante a manutenção semanal andava a retirar as filamentosas verdes com uma escova e resolvi começar a tirar as que estavam mais rentes ao substrato com a pinça, pois assim não corria o risco de andar a arrancar plantas... E não é que para minha surpresa tinha filamentosas que vinham debaixo do substrato, tinham entre 8/10cm de comprimento... O que poderá causar este acontecimento? De baixo do substrato não tem luz, logo creio que podemos excluir essa hipótese. Quanto à disponibilidade de nutrientes, acredito que uma boa parte da fertilização liquida se vá infiltrando no substrato e ali permaneça até que as plantas consumam o que conseguirem, mas este aquário está montado à mais de ano e meio e supostamente ali em baixo está tudo esgotado... Então o que é que as algas foram procurar ali debaixo? As algas são muitas vezes apontadas como efeito de luz intensa, entre outras razões claro, como o desequilíbrio de nutrientes ou até mesmo desequilíbrio de co2. Como bem sabemos qualquer desequilíbrio que possa acontecer na equação Fertilização/Luz/co2 é razão suficiente para causar o aparecimento das tão indesejadas algas... Não estou em busca de um aquário sem uma ponta de algas, mas sim de um ecossistema equilibrado em que represente ao máximo possível aquilo que podemos observar na Natureza, até porque as algas fazem parte da cadeia alimentar de determinados seres vivos e elas são úteis nesse sentido. Questiono-me como se consegue levar uma montagem a perdurar no tempo de forma imaculada e sem complicações, sendo nós os principais intervenientes nestes ecossistemas fechados, somos por isso responsáveis por grande parte das complicações com que nos deparamos na tentativa de atingir a perfeição. Desafiei-me ao tentar levar avante esta montagem o tanto quanto fosse possível, e o que é facto é que não tem sido um percurso fácil mas que me tem dado um enorme gozo. Bom fim de semana Abraço
  13. 1ª aventura com Aquário

    Boa tarde Bracarense, bem vindo ao fórum! Antes de mais essas plantas são de manutenção fácil, feto de java, anubia e limnophila sessiflora. Quanto à anubia (a que tem as folhas mais largas e arredondadas) parece-me que o rizoma está enterrado no areão. Assim sendo ela vai acabar por morrer, a maneira ideal de manter essa planta é amarrada a uma pedra ou tronco. Os ovos que referes são da neritina, é melhor tentar raspar isso pois nunca vão eclodir. Quanto à cria pode bem ser um cruzamento de platy com molly... Parece-me também que o telescópio negro não é compatível com a restante fauna (sendo este de água fria e os restantes de água quente). Abraço
  14. Aqua - SUSSOA

    Paulo é pena não teres aí a staurogyne, adorava ver o comportamento dela sem nada de fertilização líquida nem co2! Esta planta intriga-me bastante pois a capacidade de adaptação dela é enorme... Da última vez que tive de arrancar alguns pés tinham raízes enormes o que mostra que não só consomem os nutrientes pela forma foliar como também pela forma radicular.
  15. 'Rainforest Reborn'

    Luís, Já baixei o fotoperiodo para 6h para ver qual era o resultado e ainda foi pior, fiz esta experiência na esperança de resolver este problema mas não resultou... creio que o próximo passo será levantar as calhas, e assim aumentar a distância da coluna de água para que a entrega do fluxo luminoso seja feito de forma menos intensa ... Quanto ao uso de excel posso tentar a ver quais são os resultados, mas provavelmente isso não vai erradicar o problema, se a origem do mesmo se mantiver é uma questão de tempo até que apareçam de novo as “bem-ditas” algas. No que diz respeito ao substrato, tens razão isto já deve estar a zeros... já tem 17 meses em cima e está esgotado, se não fosse a fertilização líquida a compensar isto já não tinha ponta por onde pegar. Da próxima tenho de pensar numa boa “cama” para aguentar isto mais tempo. Obrigado pela ajuda, todas as dicas são bem vindas [emoji1303][emoji6]

Board Life Status


Board startup date: March 16, 2003 00:00:00